Home » » Elvis Presley - Reconsider Baby

Elvis Presley - Reconsider Baby

Depois que Elvis Presley morreu a gravadora que detinha seus direitos ficou meio à deriva, sem saber direito o que fazer com o catálogo que tinha em mãos. O maior exemplo disso são as muitas coletâneas de sucesso que chegaram ao mercado, sendo que 99% delas não tinham nada a oferecer em termos de material inédito ou de qualidade. Eram basicamente formadas por reprises dos grandes sucessos de Elvis, muitas delas sem nenhuma novidade. Eu que vivenciei esse período fui chegando na equivocada conclusão que não havia mais nada em arquivo que fosse relevante e muito provavelmente não tinha sobrado material inédito do cantor. Nem é preciso dizer o quanto isso me entristecia e me aborrecia. O fato porém é que a partir de meados dos anos 80 uma suave brisa de mudanças na discografia de Elvis foi chegando. Um exemplo é esse "Reconsider Baby" disco que comprei na época de seu lançamento, ainda em vinil (foi aliás esse título um dos primeiros a chegar em laser disc naquele mesmo ano no Brasil, uma novidade absoluta no nosso mercado).

Ao lado do material reprise de sempre, "Reconsider Baby" trazia algumas novidades bem interessantes aos admiradores, a começar pela inspirada direção de arte. É fato que muitos discos da velha guarda de Elvis não tinham um cuidado maior em termos de capa e arte final. Pois bem, esse Reconsider Baby não tinha apenas uma capa bonita e com feeling blueseiro (a tônica do disco em si) mas também uma contracapa rica em textos, fotos e informações, o que já deixava o fã comum com água na boca. Em termos de fotos duas imagens bem raras (na época) de Elvis em seus shows pelo vizinho Canadá nos anos 50. Mas não ficava por aí. Ao lado de cada canção um belo trabalho de pesquisa especificando data de gravação, versões originais (e seus cantores devidamente creditados), posição nas charts e os discos de Elvis nas quais as canções foram originalmente lançadas no mercado. Para o fã atual de Elvis isso pode até mesmo soar como banal mas não nos anos 80 onde todo tipo de informação técnica sobre Elvis era algo bem raro de se encontrar, principalmente nos próprios discos do cantor. Para completar o que por si já era muito bom O LP ainda trazia um ótimo texto do autor Peter Guralnick fazendo um estudo da influência do Blues na carreira de Elvis Presley. Simplesmente fantástico!

Reconsider Baby é um disco conceitual. Os idealizadores de seu lançamento resolveram juntar o que havia de mais relevante no gênero blues dentro da carreira de Elvis para compor uma coletânia diferente, bem organizada e coesa. Obviamente ausências são sentidas na seleção musical mas isso não tira o mérito do disco em si. A grande novidade para o fã de Elvis era a inclusão de versões inéditas no LP, algo muito bem vindo e que mostrava naquele momento que material inédito existia e o mais importante, de boa qualidade sonora! Havia no total quatro preciosidades no álbum. A primeira era a tão falada versão envenenada de "One Night" (creditada no disco com seu título original embora saibamos que depois seria rebatizada como "One Night a Sin"). A letra que havia sido mudada para não causar controvérsias aqui aparece em sua versão inicial (e sem censura); "Stranger In My Own Home Town" também surgia em uma versão bem mais crua do que a mais conhecida (e oficial). A intenção era óbvia: mostrar o lado mais visceral da vocalização de Elvis nesses blues arrasadores.

A versão que define o disco porém é "Ain't That Loving You Baby" gravada nas últimas sessões de Elvis antes de seguir rumo à Alemanha para cumprir seu serviço militar. Ao ouvir esse take pela primeira vez fiquei completamente surpreso e isso por várias razões mas a principal era tentar entender como uma versão tão excelente como essa foi simplesmente arquivada por anos e anos e nunca aproveitada pela RCA Victor! Muitas vezes superior à versão do single a música tinha pique e arranjo suficientes para arrasar nas paradas dos anos 50. Incrível como algo assim foi simplesmente desperdiçado pelo pessoal da RCA na época! Além disso a versão apresentada pela primeira vez aqui demonstrava aos fãs nos anos 80 que Elvis havia deixado verdadeiros tesouros arquivados dentro de sua gravadora. Era uma notícia maravilhosa certamente. Por fim, e não menos importante, o álbum trazia também uma versão completa e caprichada do clássico natalino de Blues: "Merry Christmas Baby"!

Além das inéditas é bom frisar que naquela época muitas das músicas presentes no disco não eram fáceis de achar por aí, como por exemplo Down in The Alley e Hi Heel Sneakers que havia anos estava fora de catálogo aqui e nos EUA! Não devemos esquecer que estamos falando de 25 anos atrás, onde não havia internet e nem a facilidade de se conhecer a obra de Elvis que temos hoje! Por isso ao comprar o disco simplesmente o gastei de tanto ouvir por aquela época! Depois tive que comprar novamente em CD mas algumas mudanças não me agradaram na versão digital (como por exemplo a própria capa que foi desfigurada ao colocarem o nome do disco em destaque nada estético). Mas isso é uma outra história. Ouvir Elvis arrasando no Blues marcou muito naqueles distantes anos 80. Como diria Howlin Wolf quando perguntado se Elvis era realmente um bom cantor de Blues: "É claro que é, nunca ouviu as músicas do rapaz?" Pois é, ouça "Reconsider ao estilo Blues" e tire suas próprias conclusões.

Reconsider Baby (1985)
Reconsider Baby
Tomorrow Night
So Glad You're Mine
One Night
When It Rains, It Really Pours
My Baby Left Me
Ain't That Loving You Baby
I Feel So Bad
Down in the Alley
Hi-Heel Sneakers
Stranger In My Own Home Town
Merry Christmas Baby

Pablo Aluísio. 

 

1 comentários:

  1. Avaliação:
    Produção: ★★★
    Arranjos: ★★★
    Letras: ★★★
    Direção de Arte: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 8.6

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis Presley - Snowbird

Elvis Presley - Snowbird (G. Mac Lellan) - O álbum "Elvis Country" começa com uma música que curiosamente não foi gravada nas s...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates