Home » » Elvis Presley, Audubon Drive, 1034

Elvis Presley, Audubon Drive, 1034

Não há salas da selva na casa em Audubon Drive, 1034,  nem discos de ouro e nem muito menos Cadillacs cor de rosa. Porém essa modesta casa situada em um bairro de classe média de Memphis se tornou a partir de agora em um novo local turístico e histórico da cidade de Memphis assim como Graceland, a famosa mansão com suas vistosas colunas brancas. A casa localizada na Audubon Drive foi comprada por Elvis quando ele tinha apenas 21 anos e estava se tornando um ídolo nacional. Essa modesta primeira casa própria de Elvis agora foi reconhecida como patrimônio histórico pela National Register of Historic Places. Judith Jonhson, arquiteta responsável pela preservação do patrimônio histórico em Memphis, se engajou pessoalmente para que a casa fosse reconhecida pela cidade. Ela já havia se empenhado antes para preservar outro local da história de Elvis, ao evitar que Lauderdale Courts fosse demolida. Foi lá, nesse conjunto de prédios do governo para famílias de renda baixa que Elvis passou grande parte de sua adolescência e infância. Agora, com o reconhecimento de Audubon Drive, ela consegue mais uma vitória para manter viva a memória de Elvis Presley.

Elvis fincou moradia aqui logo no começo de sua carreira, quando ainda estava para gravar seu primeiro disco pelo selo RCA Victor. Elvis ainda viveu nessa residência de apenas quatro quartos ao lado de seus parentes e seus pais por cerca de um ano. Um mês após se mudar para ela, seu single "Heartbreak Hotel" se tornou um sucesso nacional alcançando o tão almejado primeiro lugar da revista Billboard. Com o sucesso viver na casa se tornou inviável para Elvis e a família, pois o assédio dos fãs se tornou cada vez maior, até o ponto em que Elvis percebeu que teria de procurar um novo lugar para morar, com mais privacidade. Essa casa acabou sendo a famosa Graceland, com seus muros altos e longe da vista dos fãs mais afoitos. "Enquanto Graceland é sinônimo da lenda de Elvis", diz Johnson, "A pequena Audubon Drive representa outro período da vida de Elvis". "A casa representa a transição da vida de Elvis em que ele deixou de ser um cantor desconhecido para um superstar", diz Mike Freeman, um morador do local. "A vida dele mudou para sempre quando ele morava naquela casa".

Um artigo da revista Life de agosto de 1956 trouxe várias fotos de fãs adolescentes de Elvis sitiando a pequena casa do ídolo, tentando olhar para dentro da residência por cima do muro que cercava seu quarto, pegando parte da grama como souvenirs e demonstrando que Elvis não tinha mais privacidade, após estourar nacionalmente. "Enquanto morava naquela casa Elvis deu início a sua grande revolução cultural, que causou um grande impacto em toda a sociedade". Freeman afirma que o que diferenciava Elvis de outros músicos e celebridades era sua afeição por suas fãs. "Mesmo com toda a bagunça provocada por elas ele nunca chamou a polícia ou algo parecido", diz Freeman, "Ele ia para fora conversar com elas e assinava autógrafos" Muitas fotos tiradas por Alfred Wertheimer documenta Elvis e sua vida cotidiana nessa casa, mostrando como uma verdadeira crônica o nascimento de um dos maiores ídolos da música do século XX. Em março de 1957 Elvis vendeu Audubon Drive e foi morar numa bela propriedade de 14 acres, em estilo colonial, conhecida como Graceland, a casa onde Elvis deixou de ser um simples morador de um bairro suburbano para se tornar um ícone mundial, uma lenda que se recusa a morrer.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Elvis Presley - Snowbird

Elvis Presley - Snowbird (G. Mac Lellan) - O álbum "Elvis Country" começa com uma música que curiosamente não foi gravada nas s...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates