Home » » Estrela de Fogo

Estrela de Fogo

Assim que os letreiros finais de “Flaming Star” sobem o fã de Elvis se pergunta por que o saudoso astro não realizou mais filmes desse nível nos longos anos em que ficou tentando emplacar em uma carreira de ator sério em Hollywood? De fato, “Estrela de Fogo” é sem dúvida um ótimo western! E isso independe completamente do fato do filme ser estrelado por um cantor de rock ou não (além do mais não há rocks na trilha sonora mas apenas country ao estilo “Made in Hollywood”). O ótimo cineasta Don Siegel conseguiu o que desde “King Creole” parecia difícil: tirar uma maravilhosa atuação de Elvis em cena. Ele interpreta um jovem mestiço, filho de pai branco e mãe índia, que de repente se vê no meio do fogo cruzado entre as raças. Afinal qual partido tomar? Ficar ao lado dos brancos e renegar a tradição dos nativos americanos ou ficar ao lado dos índios e esquecer que em suas veias também corre o sangue do colonizador europeu? O roteiro é obviamente uma crítica aos problemas raciais que os Estados Unidos enfrentavam naquela época. Com a luta pelos direitos civis o personagem interpretado por Elvis retratava a América mestiça, nascido e construída na base da união de raças – o que afinal de contas seria a força da alma da nação americana.

Há excelentes cenas no filme, além da presença de uma fotografia arrojada, belamente enquadrada no Cinemascope da época. Elvis obviamente está no filme para atuar, sua única cena musical é rápida e fugaz. Um mero deleite para fãs mais exaltadas. No resto da trama tudo gira em torno da complicada situação em que se encontra o personagem de Presley. Ao seu lado surge a própria “Jeannie” Bárbara Eden, muito bonita e simpática em cena. Infelizmente para os planos de Elvis em virar um ator sério em Hollywood o filme “Flaming Star” não foi o sucesso esperado. Rendeu bem menos do que “G.I. Blues”. As fãs de Elvis o queriam em filmes açucarados, com muito romance e roteiros de fantasia. “Estrela de Fogo” era em última analise um filme feito para o público masculino fã de faroestes, tendo pouca coisa a ver com a imensa parcela do público de Elvis naqueles tempos – que era formada mesmo pelas fãs mais leais ao seu eterno ídolo. Isso porém não arranha em nada o saldo final em termos artísticos pois “Estrela de Fogo” é certamente um dos melhores trabalhos feitos pelo Rei do Rock em sua fase Hollywoodiana. Um perfeito retrato do bom ator que ele poderia ter sido caso lhe tivessem dado melhores oportunidades. Se ainda não viu não deixe de conferir, sendo você fã ou não de Elvis Presley.

Estrela de Fogo (Flaming Star, EUA, 1960) Direção: Don Siegel / Roteiro: Clair Huffaker, Nunnally Johnson / Elenco: Elvis Presley, Barbara Eden, Steve Forrest / Sinopse: Pacer Burton (Elvis Presley) é um jovem mestiço que fica no meio do fogo cruzado entre brancos e índios no velho oeste americano.

Pablo Aluísio e Erick Steve.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes Tomorrow Never Comes (E. Tubb / J. Bond) - Um caso interessante em que o arranjo mais forte por part...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates