Home » » Surrender / Lonely Man

Surrender / Lonely Man

Logo no começo de 1961 a RCA Victor lançou no mercado o novo single de Elvis Presley. Era um compacto com "Surrender" no lado A e "Lonely Man" no lado B. Esse single é bem curioso porque ambas as canções eram de certa forma símbolos da nova fase da carreira de Elvis. "Surrender" era claramente uma tentativa de repetir o sucesso comercial de "It´s Now Or Never" do ano anterior. Uma outra adaptação de uma música italiana, dessa vez da conhecida música napolitana "Torna a Surriento" de autoria de Giambattista e Ernesto de Curtis. Além disso era uma canção do começo do século XX (1902) tal como "Are You Lonesome Tonight?", o hit anterior de Elvis. Afinal se havia dado tão certo com "O Sole Mio" poderia dar certo novamente aqui. E deu. A canção, embora não tivesse chegado ao mesmo nível de sucesso de "It´s Now or Never", conseguiu se destacar muito bem nas paradas, chegando ao primeiro lugar entre os mais vendidos. A gravação foi complicada para Elvis. A nota final exigia uma maturidade e poder vocal que intrigou o cantor. Mesmo assim ele topou o desafio. Vários takes foram produzidos apenas para essa parte final e depois de várias tentativas a escolhida por Elvis foi unida a um outro take da canção dando origem a versão oficial que conhecemos. A canção foi produzida durante as sessões de gravação do álbum religioso "His Hand In Mine" visando justamente seu lançamento em single logo no começo de 1961. Elvis ficou particularmente satisfeito com a performance, tanto que chegou a comentar com amigos que "Surrender" tinha de fato sido um desafio para ele dentro dos estúdios. Era até de certa forma uma homenagem a um de seus grandes ídolos no mundo da música, Mario Lanza. 

Já "Lonely Man" era do novo filme de Elvis que ainda nem chegara nas salas de cinema. O drama "Wild In The Country" (Coração Rebelde) prometia ser mais um passo de Elvis em direção a uma carreira de ator sério em Hollywood. Novamente rodado na Fox a película era mais uma tentativa de Elvis em emplacar na capital do cinema. Um dos destaques, além de seu belo acompanhamento instrumental era a própria letra, bem evocativa e sincera. Mesmo tendo suas qualidades infelizmente acabou sendo ignorada. Assim os fãs tinham que se contentar com um fato que era mais do que claro: Elvis se distanciava cada vez mais de seu antigo estilo musical, o bravo Rock ´n´ Roll. Embora esse single se tornasse o quarto consecutivo a chegar ao primeiro lugar na parada Billboard as pessoas começaram a se perguntar quando Elvis finalmente lançaria um novo rock nas lojas. Seu romantismo era apreciado e até mesmo seus filmes eram prestigiados por essa época por seus fãs mas as baladas românticas começavam a tomar um espaço excessivo dentro dos lançamentos do outrora aclamado "Rei do Rock"! Essa situação meio embaraçosa levou o Los Angeles Times a pela primeira vez perguntar em uma reportagem se Elvis ainda poderia ser chamado de Rei do Rock, afinal o antes selvagem e barulhento ritmo que tanto fama lhe trouxe parecia ter sumido de seus lançamentos recentes. O tempo mostraria que não era bem assim mas o questionamento ainda seria feito muitas e muitas vezes nos anos que viriam, criando uma consciência nas pessoas de que Elvis havia abandonado o estilo musical que o tinha transformado no astro musical número 1 da América.


 
Surrender (Doc Pomus / Mort Shuman / E. De Curtus) - When we kiss my heart's on fire / Burning with a strange desire / And I know, each time I kiss you / That your heart's on fire too / So, my darling, please surrender / All your love so warm and tender / Let me hold you in my arms, dear / While the moon shines bright above / All the stars will tell the story / Of our love and all its glory / Let us take this night of magic / And make it a night of love / Won't you please surrender to me / Your lips, your arms, your heart, dear / Be mine forever / Be mine tonight / Data de Gravação: 30 de outubro de 1960.

Lonely Man (Bennie Benjamin / Sol Marcus) - It's a lonely man / Who wanders all around / It's a lonely man / Who roams from town to town / Searchin', always searchin' / For something he can't find / Hopin', always hopin' / That some day fate will be kind / It's a lonely man / Who travels all alone / When he has no one / That he can call his own / Always so unhappy / Taking shelter where he can / Here I am / Come meet a lonely, lonely man / Always so unhappy / Taking shelter where he can / Here I am / Come meet a lonely, lonely man / Here I am / Come meet a lonely, lonely man / Data de Gravação: 07 de novembro de 1960.

Pablo Aluísio e Erick Steve.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes Tomorrow Never Comes (E. Tubb / J. Bond) - Um caso interessante em que o arranjo mais forte por part...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates