Home » » Loiras, Ruivas e Morenas

Loiras, Ruivas e Morenas

Título no Brasil: Loiras, Ruivas e Morenas
Título Original: It Happened at the World's Fair
Ano de Produção: 1963
País: Estados Unidos
Estúdio: Metro-Goldwyn-Mayer (MGM)
Direção: Norman Taurog
Roteiro: Si Rose, Seaman Jacobs
Elenco: Elvis Presley, Joan O'Brien, Gary Lockwood, Vicky Tiu, Kurt Russell, Yvonne Craig

Sinopse: Mike Edwards (Elvis Presley) é um piloto de aviões que ganha a vida pulverizando plantações de batatas com seu teco-teco Bassie. Seu sócio no negócio, Danny Burke (Gary Lockwood), é viciado em jogos de cartas e acaba perdendo todo o dinheiro de ambos numa noite de má sorte. Sem dinheiro e precisando de 1.200 dólares para recuperar o avião, agora dado como garantia para os devedores de Danny, os dois, completamente quebrados, pegam uma carona até a feira mundial de Seattle. Eles esperam conseguir um emprego mas no caminho se tornam amigos dos Lins e na grande cidade Mike acaba conhecendo a garota de seus sonhos, a enfermeira Diane Warren (Joan O'Brien).

Comentários:
Esse foi o primeiro filme de Elvis na MGM após firmar contrato de sete anos com o estúdio. A última produção do cantor na Metro havia sido o clássico "Jailhouse Rock" ainda na década de 50 e muitos esperavam por um filme tão marcante como aquele. Bom, quem pensou assim certamente se decepcionou. Esse "t Happened at the World's Fair" é um filme romântico muito pueril e leve que ficou muito distante da rebeldia do grande musical da era do rock. Por falar em rock não espere encontrar nada do gênero na trilha sonora que é notoriamente muito fraca e sem personalidade. O roteiro também não ajuda pois não há qualquer carga dramática. A estorinha é das mais banais e para piorar tudo Elvis passa quase todo o filme cuidando da garotinha Sue-Lin (Vicky Tiu) enquanto tenta achar seu tio desaparecido. Essa função de babá abre espaço para um monte de musiquinhas infantis sem importância que vão minando a paciência dos fãs de Presley ao longo do filme.

O personagem de Elvis é um conquistador barato que acaba caindo de amores por uma bonita enfermeira interpretada pela correta mas sem sal Joan O'Brien. Não há muita química no romance entre os dois em cena. Certamente ela foi uma das estrelas mais fracas ao lado de Elvis em sua carreira no cinema. Melhor se sai Yvonne Craig numa cena mais sensual onde o cantor apresenta a canção "Relax". Ela ficaria famosa depois ao virar a Mulher-Gato no seriado de TV "Batman" alguns anos mais tarde. Por falar em coadjuvantes roubando a cena não podemos esquecer de citar a participação muito divertida e curiosa do futuro astro Kurt Russell aqui dando uns chutes nas canelas de Elvis! Mesmo com essas curiosidades não há maiores atrativos no filme que é realmente de rotina. As boas cenas externas na feira mundial até ajudam a manter o interesse mas o clima geral é realmente pueril demais para quem um dia sustentou o título de Rei do Rock! Aliás a conclusão final não poderia ser outra, pois "Loiras, Ruivas e Morenas" definitivamente não tem nada a ver com Rock ´n´ Roll.

Pablo Aluísio e Erick Steve.

1 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.2

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes Tomorrow Never Comes (E. Tubb / J. Bond) - Um caso interessante em que o arranjo mais forte por part...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates