Home » » Fun In Acapulco

Fun In Acapulco

Trilha Sonora do filme "O Seresteiro de Acapulco" dirigido por Richard Thorpe, diretor de "Jailhouse Rock" (o prisioneiro do rock, 1957) e produzido por Hall Wallis pela Paramount Pictures. É um dos filmes mais conhecidos de Presley e um de seus grandes sucessos. Aqui Elvis interpreta um ex-trapezista, que após um acidente, vai trabalhar num Hotel na cidade mexicana de Acapulco. Elvis ainda contracena com Ursulla Andress, que estava no auge do estrelado, após o sucesso do primeiro filme de James Bond, "Dr No" (007 contra o satânico Dr.No, 1962). É mais uma comédia romântica de Elvis, no mesmo estilo de outros filmes do cantor nos anos 60. Assim Elvis é colocado em um cenário maravilhoso, com lindas garotas ao redor, tudo embalado com algumas canções escritas sob medida para o filme. O outro filme de Elvis lançado em 1963 foi "It Happened at the World's Fair" (loiras, ruivas e morenas, 1963), filme dirigido por Norman Taurog, filmado na feira mundial em Seattle.

Todas as duas produções foram comédias românticas musicais de relativo sucesso de público, mas não de crítica. Todos foram impiedosamente malhados pelos jornais americanos. Realmente Elvis precisava mudar, estes filmes estavam de certa forma arruinando a carreira musical do cantor. A crítica especializada afirmava que Elvis estava se acomodando, com os milhares de dólares vindo de Hollywood, ou seja, estava deixando sua carreira musical de lado, para se dedicar inutilmente ao cinema. Estas são as canções do filme "Fun in Acapulco" (o seresteiro de Acapulco, 1963)

FUN IN ACAPULCO (Ben Weisman / Sid Wayne) - Canção título do filme. Sem nenhum exagero esta é uma das melodias mais bonitas interpretadas por Elvis. A Música não é apresentada por Presley durante o filme, só sendo apresentada nos letreiros iniciais com o cenário exuberante das praias e paisagens mexicanas ao fundo. Esta linda canção foi gravada nos estúdios Radio Recorders em Hollywood no dia 23 de janeiro de 1963.

VIÑO, DIÑERO Y AMOR (Tepper / Bennett) - Mike Windgreen (O Personagem de Elvis no filme) está trabalhando em um barco no começo do filme quando seus amigos, um bando de mexicanos com seus sombreros, chegam cantando esta música. Elvis a canta num esfumaçado bar logo após. Aqui começa a história de "O Seresteiro de Acapulco" que foi um dos filmes mais vistos do ano de 1963 nos Estados Unidos e na Europa

MEXICO (Tepper / Bennett) - Esta sempre é uma das mais lembradas do filme. Elvis ou melhor "Mike" faz um dueto com o garoto Larry Domasin no filme, porém no disco a versão só conta com Presley. Aqui Elvis a interpreta em cima de uma bicicleta com o garoto no banco. Vida difícil esta de super astro mundial que tem de cantar mais de uma dezena de canções em um filme de uma hora e meia.

EL TORO (Giant / Baum / Kaye) - Elvis canta esta música vestido com uma roupa do folclore mexicano. A letra, como não poderia deixar de ser, fala sobre as touradas e seus matadores. Aqui entra todos os instrumentos nativos do México, com o arranjo seguindo todos os clichês que os americanos imaginam dos latinos e hispânicos. Ela foi gravada no dia 22 de janeiro em Hollywood.

MARGUERITA (Don Robertson) - "Marguerita" é o nome de uma conhecida bebida mexicana e também o nome da personagem de Ursula Andress no filme, mais exatamente Margarida. Fácil chegar a conclusão que uma canção com este nome era indispensável para a trilha sonora. Ursula Andress (Margarida) era a filha do cozinheiro do Hotel e tinha que disputar o amor de "Mike" com uma mulher mais velha (Dolores Gomez) interpretada por Elsa Gardenas. Quer saber quem conquista o coração do Rei? assista ao filme...

THE BULLFIGHTER WAS A LADY (Tepper / Bennett) - Outra que trata em sua letra do mítico esporte mexicano e espanhol das Touradas. Elvis Teve algumas dificuldades na gravação desta música, pois a produção a achou insatisfatória. Então Presley e seus músicos tiveram que retornar aos estúdios para tentar fazer uma gravação melhor. A Nova versão ficou pior e a produção resolveu lançar a primeira versão mesmo.

(THERE'S) NO ROOM FOR A RHUMBA IN A SPORTS CAR (Wise / Manning) - Puxa, esta é péssima. Ela faz parte da vexatória lista "As piores músicas cantadas por Elvis Presley". A Letra é uma piada e é engraçado perceber que nem Elvis a levou à sério pois a gravação apresenta diversos erros. Sem Dúvida é muito difícil manter a qualidade de tantas canções em um filme novo lançado a cada quatro meses. A conseqüência disto tudo foi que Elvis seria uma das primeiras vítimas da "super exposição" que acaba cansando o público e esgotando o artista.

I THINK I'M GONNA LIKE IT HERE (Don Robertson / Hal Blair) - Don Robertson era um dos melhores compositores românticos de Presley. Aqui ele fez uma canção gostosa de ouvir com um ritmo bem relaxante. Elvis não deixa por menos e apresenta uma ótima interpretação. Fica claro que quando Presley contava com um bom material ele demonstrava toda a extensão de seu talento.

BOSSA NOVA BABY (Jerry Leiber / Mike Stoller) - Não pense que é uma música do ritmo que imortalizou Tom Jobim, João Gilberto e Vinícius de Moraes. É uma canção pop escrita por Leiber e Stoller que já havia sido lançada em 1962 pelo grupo Tippie & The Glovers. Foi lançada em um single em outubro de 1963 com "Witchcraft" no lado B. O single foi lançado antes da trilha e chegou ao oitavo lugar nas paradas do Tio Sam. A única canção realmente "Bossa Nova" interpretada por Presley foi "Almost in Love" do compositor brasileiro Luís Bonfá, que aliás foi lançada junto com o sucesso "A Little Less Conversation" em um single no final dos anos 60.

YOU CAN'T SAY NO IN ACAPULCO (Feller / Fuller / Morris) - Elvis canta esta canção à beira da piscina no Hotel do filme onde "Mike" trabalhava. Um fato digno de nota foi a polêmica causada por um boato que envolveu o cantor durante as filmagens. Elvis nunca foi ao México sendo as suas cenas gravadas em estúdio em Hollywood. A Imprensa marrom então acusou Elvis de ser "Racista" com os mexicanos. Presley não foi ao México porque era mais barato para o estúdio usar o método de "Back Projection" em que as paisagens do México eram projetadas em uma tela atrás do astro. Sem dúvida isto acabou sendo muito desagradável para Elvis e os membros da equipe de filmagem. Porém com o tempo isto tudo foi superado.

GUADALAJARA (Guizar) - A Última canção do filme "O Seresteiro de Acapulco". As sessões de gravação da trilha ocorreram nos dias 22 e 23 de janeiro de 1963 nos estúdios Radio Recorders em Hollywood. A Trilha sonora "Fun in Acapulco" chegou ao terceiro lugar entre os LPs mais vendidos de 1963, sem dúvida um ótimo resultado comercial. A crítica especializada, por outro lado assim definiu o filme: "Outra comédia musical de rotina de Presley, só que agora para mudar um pouco rodada no México..."

LOVE ME TONIGHT (Don Robertson) - "Bonus Song" ou "canção brinde" que não fazia parte da trilha do filme mas era incluído no LP para completar cronologicamente o disco. Esta sem dúvida é uma das mais belas músicas feitas por Don Robertson. Ela foi gravada no dia 27 de maio de 1963 em Nashville.

SLOWLY BUT SURELY (Weisman / Wayne) - Outra "Bonus Song" que foi gravada em maio de 1963 em Nashville. Esta sessão de gravação foi reunida anos depois no CD "The Lost Album" que reuniu pela primeira vez estas canções que foram dispersadas ao longo da carreira de Elvis em vários discos e singles. Em 1965 esta música fez parte da trilha do filme "Tickle Me" (o cavaleiro romântico, 1965).

Elvis Presley Fun In Acapulco (1963): Elvis Presley (vocal) / Scotty Moore (guitarra) / D.J Fontana (bateria) / Berney Kessel (guitarra) / Tiny Timbrell (guitarra) / Hal Blaine (bateria) / Emil Radochia (bateria) / Antony Terran (trompete) / Rudolph Loera (trompete) / Dudley Brooks (piano) / Ray Siegel (contrabaixo) / The Jordanaires (vocais) / The Amigos (vocais) / Joey Lilley e sua Orquestra / Produzido por Joseph Lilley / Arranjado por Joseph Lilley / Gravado nos estúdios Radio Recorders, Hollywood / Data de Gravação: 22 e 23 de janeiro de 1963 / Data de lançamento: novembro de 1963 / Melhor posição nas charts: #3 (EUA) e #9 (UK).

Pablo Aluísio.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Elvis Presley - The Next Step Is Love

The Next Step Is Love (Evans / Barnes) - Quando Elvis resolveu retomar o rumo de sua carreira e deixar Hollywood para trás ele procurou e...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates