Home » » Do The Clam / You ll Be Gone

Do The Clam / You ll Be Gone

Em fevereiro de 1965 chegou nas lojas o novo single de Elvis Presley, "Do The Clam / You ll Be Gone". O lado A tentava promover inutilmente uma nova dança, "The Clam" ("O Molusco"), uma ideia sem noção de alguém na RCA que não tinha mais o que fazer. Perceba que até mesmo essa coisa de danças de modinha já estavam por fora em 1965. O Twist, a primeira de todas elas, tinha sido lançada muitos anos antes e ninguém mais estava interessado nesse tipo de bobagem. Então qual era o objetivo de colocar Elvis promovendo uma coisa boboca como essa? A gravadora investiu bastante em marketing e promoção mas foi em vão. O single vendeu poucas cópias e ficou pegando poeira nas lojas de discos, chegando no máximo a um desolador 21º lugar na parada de singles. Elvis que já não vinha conseguindo chegar no Top 10 agora tinha que lidar com mais esse vexame, ficando fora do Top 20, coisa que muitos artistas novatos conseguiam com seus primeiros singles. E ele, que havia sido o cantor número 1 dos Estados Unidos, ficava amargando posições desanimadoras nas listas dos mais vendidos. Também pudera, tentar vender uma canção convidando os ouvintes e dançarem "o Molusco" era um pouco demais não é mesmo?

Se o lado A do single era uma bobagem sem tamanho, com letra estúpida e gravação ruim, o lado B já trazia algo mais animador. "You'll Be Gone". Essa faixa não fazia parte das sessões de gravação da trilha sonora de "Girl Happy", pois tinha sido gravada em março de 1962 nas mesmas sessões que deram origem ao disco "Por Luck". Na ocasião os executivos da RCA entenderam que o álbum já tinha músicas demais então resolveram arquivar a canção para algum lançamento futuro. Três anos depois apareceu a ocasião perfeita (pelo menos na cabeça deles). A trilha de "Girl Happy" necessitava de alguma bonus song, então resolveram finalmente lançar a música, infelizmente como uma autêntica "tapa buraco" na discografia de Elvis. É uma boa canção, escrita por Elvis, Charlie Hodge e Red West, o que causa uma certa surpresa, pois o ritmo é bem ao estilo latino, com Elvis empostando a voz em grande interpretação. Apesar de sua inegável qualidade sonora foi, como todos já sabemos, desperdiçada como uma musiquinha qualquer na trilha sonora de "Girl Happy" e por isso totalmente subestimada, aliás como muitas outras músicas de Elvis que foram simplesmente jogadas em certas trilhas sem nenhum critério, ficando em pouco tempo esquecidas e perdidas dentro da bagunçada discografia do cantor nos anos 60. Uma pena.

Do The Clam (Wayne / Weisman / Fuller) - Hey everybody gather round / N' listen to that bongo sound / Grab the first one in your reach / Now we're going to shake the beach / Do the Clam, do the Clam / Grab your barefoot baby by the hand / Turn n' tease, hug n' squeeze / Dig right in n' do the Clam / You can get your heart to spin / On the outside looking in / Moon ain't gonna last all night / Well, let's work up an appetite / Do the Clam, do the Clam / Grab your barefoot baby by the hand / Turn n' tease, hug n' squeeze / Dig right in n' do the Clam / Everybody's got that beat / Well, listen to those happy feet / Ain't you glad that you found out / What the Clam is all about / Do the Clam, do the Clam / Oh and grab your barefoot baby by the hand / Turn n' tease, hug n' squeeze / Dig right in n' do the Clam / Do the Clam, do the Clam / Oh and grab your barefoot baby by the hand / Turn n' tease, hug n' squeeze / Dig right in n' do the Clam / Dig right in n' do the Clam. 

You'll Be Gone (Elvis Presley / Red West / Charlie Hodge) - Sweetheart we're alone / And you are mine / Let's make this night a night to remember / Don't make our love a cold dying ember / For with the dawn, you'll be gone / Hold me close in your arms as the night withers away / Let's not waste one precious kiss while we're together / Oh please come to my arms and say you'll love me forever / For with the dawn, you'll be gone / Sweetheart when you're near / My heart is aflame / Your lips pressed on mine is heaven descending / And I could die because it is ending / For with the dawn, you'll be gone / Let these passions we feel in our hearts never end / I could never share this feeling with another / Oh please say that you feel the same knowing no other ?? / For with the dawn, you'll be gone / For with the dawn, you'll be gone / For with the dawn, you'll be gone / For with the dawn, you'll be gone. 

Pablo Aluísio e Erick Steve.

3 comentários:

  1. O Elvis, apesar de todo talento, carísma e beleza, sempre teve uns trejeitos e umas poses que causavam, e causam, vergonha alheia se você não for um elvismaníaco fundamentalista, mas essa dança The Clam é superior; da vergonha até de lembrar! Realmente essa gente que circundava o Elvis não tinha noção do rídículo.

    ResponderExcluir
  2. A cena do filme onde Elvis canta "Do The Clam" é absurdamente hilária. Logo no começo ele surge com um violão solando, só que o som que sai do violão é o de uma guitarra elétrica!!! Pior surge depois quando começa a tal dança do molusco. A coisa toda se resume a se contorcer como uma lombriga - então, convenhamos, ela deveria se chamar "Do The Worm" rsrsrsrs. Até colocam Elvis em cima de uma árvore mas a coisa fica ainda pior. E para fechar com chave de ouro o nonsense geral um famoso jornalista da época comentando o filme escreveu que Elvis estava agora popularizando a "Dança do Camarão" nos EUA! Rsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis Presley - Snowbird

Elvis Presley - Snowbird (G. Mac Lellan) - O álbum "Elvis Country" começa com uma música que curiosamente não foi gravada nas s...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates