Home » » Elvis Presley 1965 - Outras datas importantes do ano

Elvis Presley 1965 - Outras datas importantes do ano

Janeiro de 1965 - Elvis completa 30 anos, recluso em Graceland.

Junho de 1965 - Elvis lança o single "Easy Question / It Feels So Right" - Meras reprises dos discos "Elvis is Back!" e "Pot Luck", que para surpresa de todos chegou ao improvável 11º lugar da revista Billboard. It Feels so Right (Fred Wise/Ben Weisman) - Boa canção que acompanha o alto nível artístico do disco "Elvis Is Back". Esta também foi aproveitada e lançada depois num single em 1965 como Lado B do single "Easy Question", esta do estiloso disco "Pot Luck". A discografia de Elvis nos anos sessenta apresenta estas "curiosidades históricas" que ninguém sabe ao certo como explicar! Easy Question (Otis Blackwell / Winfield Scott) - composição fruto da parceria entre o guitarrista oficial de Elvis, Scotty Moore, e o genial compositor Otis Blackwell, autor de "Don't be Cruel" e "All Shook Up". Desta união só poderia nascer uma deliciosa canção como esta. Ela foi gravada no dia 18 de março de 1962 em Nashville. Em Junho de 1965 "Easy Question" foi relançada como single junto com "It Feels so Right" no Lado B.

Agosto de 1965 - A RCA lança o single "I'm Yours / Long Lonely Highway" - Mais reprises. Sendo que dessa vez Elvis até mesmo ganhou disco de ouro!. Por essa realmente ninguém esperava. Sem novidades, o single, lançado em agosto de 65, conseguiu alcançar também o 11º lugar entre os mais vendidos da revista Billboard, talvez impulsionado pela publicidade do filme "Tickle-me" (O cavaleiro Romântico) que trazia "Long Lonely Highway" em sua trilha sonora "colcha de retalhos". I'm Yours (Don Robetson / Hal Blair) - Don Robertson foi o melhor compositor romântico da carreira de Elvis nos anos 60. Aqui fica registrada uma vocalização bem ao gosto do cantor, sendo o estilo bem próximo do Gospel. Esta canção foi também relançada como single em 1965 junto com "(It's A) Long, Lonely Highway", esta última gravada em Nashville em 1963 e que chegou a ser lançada também como bonus song na trilha sonora do filme "Kissin Cousins" (com caipira não se brinca, 1964).

Agosto de 1965 - Elvis viaja pela terceira vez ao Havaí para filmar um novo filme Paradise, Hawaiian Style (No Paraíso do Havaí). A maioria das cenas serão filmadas na ilha de Oahu.

Agosto de 1965 - A sociedade entre Elvis e o Coronel Parker completa 10 anos. Elvis faz pouco caso da data e chega a comentar com amigos: "Me empresariar não dá trabalho nenhum!". Tom Parker fica sabendo e não gosta nada, nada, da declaração de Elvis.

Agosto de 1965 - Elvis se encontra com os Beatles - Na noite memorável de 27 de agosto de 1965, Elvis sentou-se no sofá da sala, como sempre fazia, cercado de seus homens: Joe Esposito, Marty Laker, Billy Smith, Jerry Schiling, Alan Fortas, Sonny West, Mike Keaton e Ray Sitton. Logo chegou o coronel Parker e Tom Diskin. Perto da 9 horas, os Beatles chegaram numa limousine preta, acompanhados por Brian Epstein, o jornalista Derek Taylor e dois guarda costas. A área estava fortemente guardada pela polícia de Los Angeles. Assim que os príncipes do rock entraram na mansão, ouviram seus discos tocando no "Jukebox". Apresentações formais foram feitas, Elvis e os Beatles conversaram sobre música e segundo Lennon chegaram a tocar juntos. O encontro foi um sucesso.

Outubro de 1965 - Elvis lança o single "Puppet on the String / Wooden Heart". Mais um disco de ouro para Elvis. O single foi lançado para promover o disco "Girl Happy" e fez bastante sucesso, levando mais um prêmio em vendas para a carreira de Elvis. Puppet On A String (Tepper / Bennet) - Uma das músicas lançadas em single, essa belíssima e tenra balada ocupou o 14º lugar na Billboard em 1965, fazendo sucesso na época, mas logo caindo no esquecimento. Uma pena, pois é uma das melhores músicas de Elvis no período e a cena em que Elvis a canta para Val no filme é sutil, mas sincera. Com uma melodia bonita e uma letra simples, "Puppet on a String" tem versos como: "Tudo que você tem que fazer é tocar minha mão e o seu desejo é uma ordem. Aí eu me torno uma marionete de cordas e você pode fazer o quiser comigo. Se você realmente me ama, querida seja boa comigo. Eu te ofereço o amor mais verdadeiro que você encontrará." Muito linda. Já Wooden Heart (Kaempfert / Wise / Weisman) sempre foi considerada a melhor música de todo o disco "G.I.Blues". É baseada na canção folclórica Alemã "Muss I Denn". A cena que Elvis a apresenta no filme (com as marionetes) é a melhor parte de toda a película. A canção foi lançada em compacto na Alemanha e no restante da Europa alcançando um tremendo sucesso. O Single norte-americano com "Wooden Heart" só foi lançado em 1965, ou seja, cinco anos depois de Ter sido gravada!!! É digno de nota a ótima adaptação do maestro alemão Bert Kaempfert e o acordeonista Jimmie Haskiell. Ela foi gravada no dia 27 de Abril de 1960 nos estúdios Radio Recorders em Hollywood.

Outubro de 1965 - Morre de um tumor cerebral no dia 21 o baixista Bill Black. O músico fez parte da formação da primeira banda de Elvis nos anos 50, os Blue Moon Boys. Elvis pede que seu pai compareça ao funeral o representando.

Outubro de 1965 - Chega às lojas o single "Santa Claus Back in Town / Blue Christmas" Seguindo a velha tática do Coronel em vender a mesma coisa duas vezes, ele resolveu relançar duas canções natalinas do antigo "Elvis Christmas Album" e ver no que dava. Só que desta vez não entraram na do velho espertalhão. O single não teve a mínima repercussão quando lançado em novembro de 65 e não foi classificado nem sequer na Top 200 da Billboard. Santa Claus Back in Town (Jerry Leiber / Mike Stoller) — Blues composto pela dupla de compositores mais importante da carreira de Elvis. Com destacado acompanhamento dos Jordanaires esta canção tem bom ritmo e desenvolvimento. Ela foi composta às pressas depois que o coronel divulgou seu projeto de colocar o rei para cantar músicas de natal. A correria não prejudicou os resultados, apesar do baixista Bill Black Ter sido criticado por errar durante as sessões. Elvis não dispensou a inclusão de uma de suas paixões na letra ao se referir a "um cadillac preto que traria papai noel de volta à cidade..." . Foi gravada em 7 de setembro de 1957. Blue Christmas (Billy Hayes / Jay Jonhson) — Outro sucesso dos anos 40 cantada por Elvis neste disco. O Rei apresentaria uma versão no Histórico "NBC TV Special" (Comeback Special) em 1968. A versão em questão está no LP da Trilha do especial de TV que trouxe o Rei de volta as apresentações ao vivo depois de uma longa ausência proporcionada pela série de filmes protagonizados por ele nos anos sessenta. Foi gravada no dia 5 de setembro de 1957 em Hollywood.

Dezembro de 1965 - Elvis lança o single "Tell Me Why / Blue River". O último single de Elvis no ano de 1965. Apesar de trazer material inédito (mas não recente) o compacto foi negligenciado pelos executivos da RCA Victor e alcançou um melancólico 33 º lugar da Billboard, uma das mais baixas posições ocupadas por um single de Elvis até aquele momento. "Tell Me Why" já havia sido gravada há muito tempo quando foi finalmente lançada nesse single e "Blue River" faz parte das sessões do "The Lost Album". Nenhuma das duas é acima da média do que Elvis vinha produzindo na época, mas merecia melhor sorte quando chegou nas lojas em dezembro de 1965. Infelizmente foram praticamente ignoradas.

Pablo Aluísio e Erick Steve.

2 comentários:

  1. Muito elucidativa esta informação! King forever! Muito obrigada amiga Dalva por partilhar connosco. desejo-lhe uma boa semana..Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Eu que agradeço sua visita e seus elogios. Continue acompanhando o blog. Grande abraço, Pablo Aluísio.

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes Tomorrow Never Comes (E. Tubb / J. Bond) - Um caso interessante em que o arranjo mais forte por part...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates