Home » » Elvis News - Morre Lizabeth Scott

Elvis News - Morre Lizabeth Scott

Morre Lizabeth Scott - Mais uma notícia triste para os fãs de Elvis Presley. Morreu no último dia 31 de janeiro a atriz Lizabeth Scott que trabalhou ao lado de Elvis no filme "A Mulher Que Eu Amo" (Loving You, EUA, 1957). Nascida com o nome de Emma Matzo em 29 de setembro de 1922, na cidade de Scranton, Pennsylvania, ela logo abraçou sua paixão de infância e resolveu se tornar atriz. Depois de terminar o ensino médio em sua pequenina cidade resolveu se mudar para Nova Iorque onde pretendia viver como uma atriz de teatro. Por ser muito determinada e disciplinada logo conseguiu ser aprovada em testes de elenco e começou a se apresentar em peças na cidade. Sua beleza e talento logo chamou a atenção de Hollywood e ela foi para a costa oeste onde estreou no cinema no filme "Amarga Ironia" em 1945. Criteriosa na escolha de papéis, só aceitava fazer filmes cujos roteiros realmente lhe interessavam. Assim acabou participando de três clássicos em sequência, "O Tempo Não Apaga", "Confissão" e "A Filha da Pecadora". Durante anos conseguiu conciliar suas atuações no cinema, TV e teatro, embora tenha sempre deixado claro que sua verdadeira felicidade vinha dos palcos teatrais de Nova Iorque onde podia respirar todo o clima cultural efervescente da cidade.

Acabou se tornando grande amiga de astros de Hollywood como Humphrey Bogart. Lésbica na vida privada conservou curiosamente durante toda a sua vida uma postura conservadora na política. Fez parte de campanhas do Partido Republicano e trabalhou efetivamente para o amigo e ator Ronald Reagan, que na década de 1980 se tornaria presidente dos Estados Unidos. Começou a ter atritos em Hollywood depois que um produtor a chamou de "genérica de Lauren Bacall". A partir daí decidiu que faria menos filmes e mais peças de teatro. Em 1957 recusou inicialmente o convite de participar de um filme com um roqueiro da moda, Elvis Presley. Depois de muita insistência do diretor e amigo Hal Kanter resolveu finalmente aceitar o convite. Encontrou em Elvis alguém bem diferente do que ela esperava. Ao invés de um astro da música chato e arrogante acabou conhecendo um rapaz tímido, humilde e sempre disposto a aprender. Depois de "Loving You" ela ficou vários anos sem realizar mais nenhum outro filme, só voltando a Hollywood em 1972 para fazer uma pequena participação em "Diário de um Gângster". Dizia que Hollywood não mais lhe interessava. No total participou de 31 filmes ao longo de três décadas de carreira cinematográfica. Lizabeth Scott morreu aos 92 anos no Cedars-Sinai Medical Center em Los Angeles, de problemas relacionados ao coração. Que descanse em Paz.

Pablo Aluísio.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Elvis News - Elvis: A Life In Music / Um Grammy para Jailhouse Rock / Novos CDs / Robbie Williams e Elvis

Elvis: A Life In Music - Está sendo lançado em países de língua alemã o famoso livro escrito por Ernst Jorgensen intitulado "Elvis: ...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates