Home » » Lisa Marie e a morte de Michael Jackson

Lisa Marie e a morte de Michael Jackson

Lisa Marie e a morte de Michael Jackson
Lisa escreveu no dia 26 de junho de 2009, em seu blog pessoal no My Space, um texto bem sincero sobre a morte de Michael Jackson. Leia a íntegra de seu desabafo:"Ele sabia. Alguns anos atrás Michael e eu estávamos tendo uma conversa profunda sobre a vida em geral. Eu não consigo lembrar o assunto exato mas ele deve ter questionado sobre as circunstâncias da morte do meu pai. Em algum ponto ele parou, me encarou intensamente e ele calmamente disse com toda certeza, "eu acho que vou acabar igual a ele, do jeito que ele fez." Na mesma hora eu tentei afastá-lo desta idéia mas ele apenas deu de ombros e acenou como se me deixasse saber o que ele pensava. 14 anos depois eu estou aqui sentada olhando as notícias, com uma ambulância saindo de sua casa, os altos portões, a multidão lá fora, a cobertura, a multidão no hospital, a causa da morte e o que levou a isso e a lembrança desta conversa chegou a mim assim como as lágrimas que não conseguiam parar. Um final previsto por ele, pelos que o amavam e por mim, mas o que eu não previ foi o quanto iria doer quando isso realmente acontecesse.

A pessoa que eu falhei em ajudar está sendo transferida agora para o IML de Los Angeles para a autópsia. Toda a minha indiferença e desapego que eu tentei tanto ter ao longo dos anos se foram para o inferno e agora eu estou arrasada. Eu vou dizer agora o que eu nunca disse antes porque eu quero a verdade de uma vez por todas. Nossa relação não foi uma "farsa" como foi dito pela imprensa. Foi uma relação diferente, sim, onde duas pessoas diferentes que não viviam ou sabiam o que era uma "vida normal" descobriram uma conexão, talvez com alguma perspectiva suspeita da parte dele. Entretanto, eu acredito que ele me amou tanto quanto ele poderia amar alguém e eu o amei muito. Eu queria ter dito que o salvei do inevitável, que foi o que aconteceu. A família dele e aqueles que o amavam também queriam salva-lo disso mas não sabíamos como fazer e isso foi há 14 anos. Todos nós nos preocupamos que isto viria algum dia. Naquela época, tentando salva-lo, eu quase me perdi. Ele era uma força incrivelmente dinâmica e tinha um poder que não poderia ser subestimado. Quando ele usava isso para o bem, era o melhor e quando ele usava isso para alguma coisa ruim, ele era realmente, realmente mal. A mediocridade não era um conceito que entraria nas ações ou no jeito de ser de Michael Jackson. Eu fiquei doente, emocionalmente e espiritualmente arrasada nas minhas tentativas de salva-lo de um certo comportamento de auto destruição e dos vampiros e sanguessugas com os quais ele parecia sempre atrair para perto dele.

Eu estava fora de mim tentando. Eu tinha uma criança para tomar conta, eu tinha que tomar uma decisão. A decisão mais difícil que eu tive que fazer, que foi ir embora e deixa-lo ao seu próprio destino, mesmo embora eu estivesse desesperadamente apaixonada por ele e tentasse parar ou reverter isso. Depois do divórcio, eu passei alguns anos com uma obsessão sobre ele e com um remorso sobre o que eu poderia ter feito de diferente. Então, eu passei alguns anos com raiva de toda a situação. Ao mesmo tempo eu fiquei indiferente, até agora. Enquanto eu me sento aqui dominada pela tristeza, reflexão e confusão naquela que foi a minha maior falha até agora, olhando as notícias quase passo a passo. O exato cenário eu vi acontecer no dia 16 de agosto de 1977, acontecer de novo agora com Michael (algo que eu queria nunca mais ver de novo) como ele previu, eu estou muito, muito arrasada. Qualquer experiência ruim ou palavras que eu senti por ele no passado morreu comigo. Ele era uma pessoa surpreeendente e eu tive sorte de ter sido próxima dele como eu fui e tido as muitas experiências ao longo dos anos que tivemos juntos. Eu sinceramente desejo que ele possa estar livre e aliviado de sua dor, da pressão e do tumulto agora. Ele merece estar livre de tudo e eu espero que ele esteja num lugar melhor agora. Eu também espero que qualquer um que sinta que falhou em ajuda-lo possa sentir que ele está livre agora finalmente. O mundo está em estado de choque mas de alguma forma ele sabia exatamente como seu destino seria mais do que qualquer um de nós, e ele estava certo. Eu realmente precisava dizer iso agora, obrigada por ouvir.

LMP"

1 comentários:

Postagem em destaque

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes Tomorrow Never Comes (E. Tubb / J. Bond) - Um caso interessante em que o arranjo mais forte por part...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates