Home » » Elvis Presley - Elvis Sings Flaming Star - Parte 3

Elvis Presley - Elvis Sings Flaming Star - Parte 3

Too Much Monkey Business (Chuck Berry) - Até hoje fico chocado com a falta de cuidado por parte da RCA Victor em relação a essa gravação. Uma das melhores de Elvis durante os anos 1960 não teve qualquer tipo de repercussão maior, até porque a gravadora de Elvis simplesmente lavou as mãos e não se esforçou em divulgá-la nas rádios na época. Negligência pura e simples, para desgosto do fã de Elvis que implorava por material de qualidade. Muitas pessoas reclamavam que não havia boas músicas do cantor, mas a verdade é que havia sim, certamente elas existiam, só que não eram promovidas e nem popularizadas, caindo rapidamente no esquecimento (isso quando chegavam a ser pelo menos conhecidas). De falha em falha, exatamente nesse tipo de situação, é que podemos entender como a carreira de Elvis entrou em um buraco negro! Mesmo quando havia boas faixas, músicas excelentes registradas em estúdio, a gravadora de Presley absurdamente não parecia disposta a fazer nada por elas. Uma lástima.

Yellow Rose Of Texas / The Eyes Of Texas (Tradicional) - Fez parte da trilha sonora do filme "Viva Las Vegas" (Amor a toda velocidade, no Brasil). Em cena Elvis a usa para tirar um bando de beberrões de um cassino com o objetivo de localizar a linda professora de natação que conhecera um dia antes (e que ao contrário do que ele pensava não era uma dançarina profissional dos inúmeros hotéis da cidade do pecado). O medley une duas populares canções tradicionais do grande estado do Texas. Como se sabe os texanos são bem ciosos de suas origens e sua cultura, chegando ao ponto de criar uma identidade própria, nem sempre ligada ao restante da nação. É costume dizer o ditado entre eles de que primeiramente são texanos e só depois americanos. Mexer com algo assim poderia ser um vespeiro, mas o diretor soube contornar isso tudo, jamais indo para o lado do deboche ou escárnio. O personagem de Elvis até mesmo se mostra muito respeitoso com o estado da rosa amarela - e não poderia deixar de ser se ele não quisesse entrar numa tremenda confusão com os nacionalistas e orgulhosos texanos.

She's A Machine (Joy Byers) - Até que para uma música de trilha sonora dos anos 1960 não chega a aborrecer. Não é desastrosa e nem passa vergonha alheia. A letra é estúpida, como de praxe, mas a linha de melodia com suas "paradinhas" tem uma sonoridade que agrada. Hoje em dia seria considerada machista, mas naqueles tempos tudo era encarado com mais bom humor. Pena que qualquer tipo de pretensão de fazer o mínimo de sucesso nas paradas afundou tal como o personagem mergulhador de Elvis no filme. Aliás, vamos ser sinceros? A película "Easy Come, Easy Go" (Meu Tesouro é Você, no Brasil) é um tremendo abacaxi, uma ofensa para quem gosta de cinema de verdade. Com inúmeras cenas chatas debaixo da água marcou uma triste despedida de Elvis da Paramount Pictures, um estúdio que fez o possível para caprichar em suas produções. Quando a concorrente MGM começou a realizar musicais B com Elvis sem qualquer cuidado técnico, os executivos da Paramount resolveram também chutar o balde da boa qualidade. Só podemos lamentar nessa altura do campeonato.

Do The Vega (Giant / Baum / Kaye) - Outra que ficou anos e anos comendo poeira nos prédios de arquivos da RCA Victor em Nashville. Gravada para fazer parte da trilha de "Viva Las Vegas" foi colocada para escanteio quando a gravadora decidiu cancelar a edição do álbum com as músicas do filme! Esse cancelamento foi um dos maiores absurdos da discografia de Elvis, só comparado mesmo a outro cancelamento ridículo, dessa vez com a trilha do documentário "Elvis on Tour" na década de 1970. Dois grandes momentos de Elvis no cinema que simplesmente não tiveram trilhas lançadas no formato clássico, o álbum LP! Absurdo completo e irrestrito. Como se pode perceber os executivos da RCA não eram as pessoas mais inteligentes, brilhantes e espertas do mundo! Talvez se Elvis tivesse dado no pé da RCA em meados dos anos 1960 sua carreira tivesse trilhado um rumo melhor em termos de organização nos lançamentos!

Tiger Man (Lewis / Burns) - Tiger Man aqui foi usada para promover o programa de televisão NBC TV Special. A versão da edição original desse disco trazia a versão gravada ao vivo no palco da NBC em Burbank. Era uma tremenda novidade na época e por essa razão impulsionou as vendas do disco como um todo. Afinal os fãs e colecionadores queriam dar uma conferida na faixa para ter uma ideia melhor do que viria pela frente. "Tiger Man" é uma grande música, sobre isso não tenho considerações a fazer. O problema ao meu ver é que a edição do disco não caprichou muito na qualidade sonora da faixa. Canções assim, gravadas ao vivo, são problemáticas, precisam passar por um tratamento sonoro antes de cair no mercado. Infelizmente os engenheiros de som da gravadora não se preocuparam sobre isso e então a canção saiu com uma qualidade sofrível - agravada ainda mais pelo formato vinil! De qualquer maneira se fosse necessário eleger um momento que valesse por todo o disco certamente essa versão de "Tiger Man" seria a escolhida.

Pablo Aluísio. 

 

4 comentários:

  1. Avaliação:
    Too Much Monkey Business ★★★★
    Yellow Rose Of Texas / The Eyes Of Texas ★★★
    She's A Machine ★★
    Do The Vega ★★★
    Tiger Man ★★★★

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Pablo, lembra que falei que o Elvais estava sendo esquecido? Pois bem, ainda há esperança. A Globo lançou uma ótima novela, Regra do Jogo,, e um dos protagonistas, que é o Alexandre Nero, vigoroso ator, tem como música tema TROUBLE, do Elvis, ideal para alguém na zona cinza da moral, como vive o respectivo personagem. Novela é pop, Elvis sempre foi pop; isso é bom para subir o nível musical da tapuiada.

    ResponderExcluir
  4. Eu tinha ouvido falar vagamente nisso. Uma boa notícia. Pelo menos a juventude terá uma oportunidade de ouvir o Elvis, deixando o funk um pouco de lado rsrsrsrs

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes Tomorrow Never Comes (E. Tubb / J. Bond) - Um caso interessante em que o arranjo mais forte por part...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates