Home » » Elvis Presley - Sessão de gravação: Stay Away Joe

Elvis Presley - Sessão de gravação: Stay Away Joe

Embora o filme fosse irrelevante, Elvis teve que mais uma fazer entrar em estúdio para gravar sua trilha sonora. O cantor já não tinha mais disposição para viajar até a costa oeste e por isso a RCA Victor aceitou sua sugestão de gravar as músicas do filme ali por perto de Memphis mesmo, em Nashville. Jeff Alexander foi indicado para ser o produtor das músicas. Ele já vinha trabalhando com regularidade ao lado de Presley, principalmente na gravação de músicas para filmes de Hollywood. Al Pachucki foi o engenheiro de som dos trabalhos. Assim na noite do dia 1 de outubro de 1967 Elvis chegou ao estúdio B da RCA em Nashville, Tennessee. Na pauta havia dez canções, mas Elvis não estava nada disposto a gravar tudo. Ele ouviu as demos e eliminou cinquenta por cento delas. Não gostou muito da canção título, "Stay Away, Joe", mas essa não poderia ser deixada de fora. As sessões se iniciaram com a versão que seria usada no filme. Curiosamente foram necessários mais takes do que o habitual porque Elvis não conseguia se concentrar na canção, que era mesmo muito fraca, com melodia piegas e letra boba. As coisas melhoram um pouco com "All I Needed Was the Rain" por causa de seu balanço de blues negro. Mesmo assim não chegava a ser uma obra prima. Pior veio depois quando Elvis teve que colocar sua voz na medíocre "Dominick". O roteiro previa que Elvis a cantaria para um bovino! (sim, é verdade, por mais incrível que isso possa parecer!).

Depois da gravação desse lixo a sessão foi encerrada. Elvis pensou que estava livre desse material de baixa qualidade, mas foi surpreendido pelo aviso da RCA de que ele deveria voltar ao estúdio para gravar mais versões e se possível melhorar as que já tinham sido gravadas. Assim Elvis retornou em janeiro de 1968 para mais uma sessão com esse mortificante material. Para sua surpresa não conseguiu terminar numa noite, como estava planejado, tendo que ficar três dias em Nashville tentando consertar a trilha sonora. Uma nova faixa chamada "Stay Away" foi providenciada e como havia muito tempo livre Elvis acabou gravando mais três músicas que não faziam parte da trilha. Entre elas alguns clássicos de sua carreira como "Too Much Monkey Business" de Chuck Berry, que apesar de ter sido muito bem gravada seria negligenciada de forma vergonhosa pela RCA Victor no mercado e "U.S. Male" que teria melhor destino. Essa segunda sessão contou com outro produtor, Felton Jarvis, que estava disposto a melhorar a qualidade dos discos de Elvis. Isso explica em parte a excelente gravação de "Goin' Home", sem dúvida uma das melhores faixas gravadas por Elvis nessa fase de sua carreira.

Sessão de gravação da trilha sonora Stay Away Joe
Data de gravação: 01 de outubro de 1967 - 15 a 17 de janeiro de 1968
Local de gravação: RCA Studio B, Nashville, Tennessee
Produção: Jeff Alexander, Felton Jarvis
Engenheiros de som: Al Pachucki e Bill Vandevort 
Músicos: Elvis Presley (vocais), Scotty Moore (guitarra), Jerry Reed (guitarra e violão), Chip Young (guitarra), Bob Moore (baixo),  Murrey "Buddy" Harman (bateria), D.J. Fontana (bateria), Floyd Cramer (piano), Charlie McCoy (harmonica), Peter Drake (steel guitar) e The Jordanaires (vocais).

Pablo Aluísio. 

2 comentários:

  1. Uma coisa que eu gosto nos filmes do Elvis desta época, Stay Away Joe, Charro e Change of Habit, é a aparência do Elvis; cabelos mais soltos, magro e, fisicamente, mais solto, menos robótico.

    ResponderExcluir
  2. Um visual mais natural e menos artificial

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes Tomorrow Never Comes (E. Tubb / J. Bond) - Um caso interessante em que o arranjo mais forte por part...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates