Home » » Charro

Charro

Título no Brasil: Charro
Título Original: Charro
Ano de Produção: 1969
País: Estados Unidos
Estúdio: National General Pictures
Direção: Charles Marquis Warren
Roteiro: Charles Marquis Warren, Frederick Louis Fox
Elenco: Elvis Presley, Ina Balin, Victor French
 
Sinopse:
Jess Wade (Elvis Presley) é falsamente acusado de ter roubado um canhão das forças revolucionárias mexicanas. Para então limpar seu nome e restabelecer a justiça ele resolve tentar encontrar os verdadeiros culpados, um bando de criminosos e bandoleiros que espalham terror por onde passam. "Charro!" é o último western da filmografia do cantor e ator Elvis Presley (1935 - 1977) que em pouco tempo deixaria Hollywood para se dedicar exclusivamente à sua carreira como cantor em Las Vegas.

Comentários:
Existem filmes que nem deveriam existir. Lamento dizer, mas esse é o caso de Charro! O filme foi claramente uma tentativa de levantar a carreira do cantor Elvis Presley no cinema. Ele que havia começado tão bem em Hollywood na década de 1950, estrelando bons filmes musicais - e alguns clássicos como "Balada Sangrenta" de 1958 - acabou perdendo o rumo na década seguinte. Os estúdios não se interessavam mais com qualidade e assim Elvis foi jogado em fitas comerciais com baixo teor artístico, realizadas em ritmo industrial. Em média três filmes por ano, sem qualquer capricho em termos de roteiro, atuação ou direção. Quando os anos 60 foram chegando ao fim, Elvis e seu empresário tentaram renovar um pouco sua estagnada carreira cinematográfica e "Charro!" foi certamente um dos veículos que foram usados nessa direção. Infelizmente não deu certo. Embora seja um faroeste americano o filme tenta seguir os passos da estética do chamado Western Spaghetti, com ênfase nos filmes italianos de bangue-bangue, como aqueles estrelados por Franco Nero, naquele período desfrutando do auge de sua popularidade. O problema básico era que Elvis Presley não era Franco Nero e nem Charro era Django. Mesmo de barba o grande astro do Rock não consegue convencer em seu papel. A produção mais lembra um telefilme, com orçamento restrito e problemas de ambientação. O roteiro também tem várias falhas, pois foi praticamente escrito no calor das filmagens. Enfim, nem o astro da música precisava de um filme assim em seu currículo e nem o mundo do Western estava precisando de uma cópia americana de filmes italianos de faroeste. Como eu disse, essa é realmente uma produção que não precisava ter existido.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

3 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★
    Elenco: ★★
    Produção: ★
    Roteiro: ★
    Cotação Geral: ★★
    Nota Geral: 5.2

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Pablo me explica uma coisa por favor?
    Porque Elvis ficou tanto tempo preso a contratos de filmes, ele assinou um contrato de 10 anos e exclusividade??
    Outra coisa, ele não poderia aliar a carreira de ator com os shows, como muitos fazem hj em dia?
    Elvis não poderia fazer nenhuma turnê estando em Hollywood??
    Eu não vejo como isso poderia atrapalhar a agenda de shows, sera que ele não sentia falta disso TB??

    ResponderExcluir
  3. Olá Kamylla,
    Antes de mais nada quero lhe informar que já vi seus outros comentários e vou respondendo eles aos poucos, ok? Obrigado por sempre participar. Então vamos lá. Nos anos 60 era muito comum o uso de um contrato padrão de sete anos com os estúdios de cinema. Por volta de 1963 Elvis assinou um contrato desses com a MGM. Em 1958 ele também havia assinado o mesmo tipo de contrato com a Paramount. Isso o deixou preso por um longo tempo com Hollywood. Curiosamente nenhum desses contratos impedia Elvis de realizar shows. Ele parou de fazer concertos ao vivo por ordem de Tom Parker que acreditava que se Elvis continuasse a fazer shows isso iria prejudicar sua carreira no cinema. Uma das frases mais conhecidas do Coronel nessa época foi: "Se um fã quiser ver Elvis que pague uma entrada de cinema". Absurdo? Sim, mas era o jeito de pensar do empresário.

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis News - Elvis: A Life In Music / Um Grammy para Jailhouse Rock / Novos CDs / Robbie Williams e Elvis

Elvis: A Life In Music - Está sendo lançado em países de língua alemã o famoso livro escrito por Ernst Jorgensen intitulado "Elvis: ...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates