Home » » Memories / Charro

Memories / Charro

O primeiro single de 1969 na realidade trazia canções do ano anterior. O Lado A vinha com "Memories" do NBC TV Special. É curioso que apesar da importância histórica desse programa de TV, que levantou a carreira de Elvis, havia poucas canções inéditas em seu repertório. Na realidade apenas "If I Can Dream" e "Memories" eram novidade para os ouvidos dos fãs de Elvis. Todo o resto era um grande revival de sua época de ouro, muitas dos anos 1950, quando Elvis realmente revolucionou o mundo da música. Pois bem, segundo a RCA Victor o single vinha atendendo a pedidos dos fãs do cantor. Assim a gravadora resolveu apostar na faixa, mesmo que na época errada - na realidade o single com a música deveria ter sido lançada na mesma semana de exibição do especial na NBC e não  meses depois como acabou acontecendo. O fato é que quando "Memories / Charro" chegou às lojas americanas, já era fevereiro de 1969, o natal já havia passado, as lojas estavam vazias e o impacto da exibição do programa também já tinha sido exaurido. Um típico caso de erro no timing certo no lançamento do compacto. Deixando esses aspectos comerciais de lado é interessante louvar a boa gravação e a bela melodia da canção. Muitos disseram que sua letra era de certa maneira constrangedoramente nostálgica, tentando pegar um gancho com o passado de Elvis para sensibilizar seus antigos fãs dos anos 1950 que o havia abandonado. Bobagem, essa é uma visão meramente simplista da composição em si.

Já o Lado B vinha para promover o faroeste "Charro". Estrelado por um Elvis barbudo e com visual diferente a película era uma tentativa de trazer novos ares para a estagnada e saturada filmografia de Presley em Hollywood. Infelizmente o filme não trouxe nada de muito marcante para Elvis nesse sentido. Era apenas uma cópia da cópia. Explico. O chamado Western Spaguetti nada mais era do que uma cópia italiana dos filmes americanos de faroeste. "Charro" é uma produção estranha porque era um filme americano que tentava imitar os filmes italianos, ou seja, tentava copiar uma cópia! Bem irracional não é mesmo? O filme em si deixa muito a desejar, não tem boa produção - mais parecendo um telefilme da época - e roteiro mal escrito. Elvis até se esforça, mas nunca deixamos de lado a sensação de que estamos na realidade vendo Elvis vestido de Charro. Em nenhum momento ele consegue desaparecer dentro de seu personagem. Na época o estúdio vendeu o filme como uma nova forma de apresentar Elvis nos cinemas, mas a verdade é que tudo se tornou apenas mais um fracasso de bilheteria em sua carreira. Se o filme deixa muito a desejar o mesmo já não se pode falar da música. Na primeira vez que a ouvi não gostei muito, sinceramente falando. Hoje em dia já tenho uma impressão melhor. Certamente passa longe de ser um tema com a qualidade de um Ennio Morricone, porém passa longe de ser um desastre ou uma vergonha alheia. Tem lá seus méritos. De uma forma ou outra, seja porque foi lançado em uma época errada, seja porque não teve uma boa divulgação, o fato é que o single em si não foi um campeão de vendas, alcançando apenas a trigésima quinta posição entre os mais vendidos. Bem abaixo do single anterior com "If I Can Dream" que fez bonito nas paradas. O lançamento temporão e fora de época pelo menos serviu para a RCA Victor ficar mais atenta na questão temporal, no tempo certo de colocar certas músicas de Elvis no mercado.

Memories (Mac Davis) - Memories, pressed between the pages of my mind / Memories, sweetened thru the ages just like wine / Quiet thought come floating down / And settle softly to the ground / Like golden autumn leaves around my feet / I touched them and they burst apart with sweet memories, / Sweet memories / Of holding hands and red bouquets / And twilight trimmed in purple haze / And laughing eyes and simple ways / And quiet nights and gentle days with you / Memories, pressed between the pages of my mind / Memories, sweetened thru the ages just like wine, / Memories, memories, sweet memories.

Charro (Billy Strange / Mac Davis) - With eyes that hide the man within / You see behind the eyes of, other men / You've lived and died and come to life again / And now you stand alone at the crossroads of your mind / You've left your yesterdays behind.. / But which road leads you to tomorrow? / Charro... / You've turned your back on yesterday / Betrayed a man who swore he'd make you pay / For when you left you took his pride away / You know he'll never let you break away so easily / You'll have to fight, before you're free / But how much more time can you borrow? / Charro... / Now in a single moment your past grows dim / One thought goes racing across your mind / You ride to meet the woman you stole from him / Oh no!...Charro don't go!... / Charro don't go!!... / There's something hanging, in the wind / Your past is catching up and closing in / You've been halfway to hell and back again / And now you laugh in the devil's face / with your last breath... / You'll run a race with life and death... / But will you live to see tomorrow? / Charro.

Pablo Aluísio. 

3 comentários:

  1. Avaliação:
    Produção: ★★★
    Arranjos: ★★★
    Letras: ★★★
    Direção de Arte: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.8

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. É verdade que exceto If I Can Dream e Memories nao havia músicas novas no NBC TV Special, mas o Elvis cantou as mesmas músicas antigas com uma voz rascante que nuca mais ele repetiria e isso tornou as músicas totalmente inéditas e únicas. Quando eu ouvi pela primeira vez, eu que cresci ouvindo do Elvis da voz de veludo a la Dean Martin, fiquei muito surpreso do Elvis cantar daquele jeito.

    ResponderExcluir
  3. Você tocou em um ponto interessante. Elvis, ao contrário do que muitos pensam, mudava de tempos em tempos seu estilo de interpretação. Ora mais suave, ora mais incisivo, depois com forte entonação. Era um artista muito versátil.

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis News - Elvis: A Life In Music / Um Grammy para Jailhouse Rock / Novos CDs / Robbie Williams e Elvis

Elvis: A Life In Music - Está sendo lançado em países de língua alemã o famoso livro escrito por Ernst Jorgensen intitulado "Elvis: ...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates