Home » » FTD Elvis At International

FTD Elvis At International

Esse foi o primeiro CD da coleção FTD a trazer um show de Elvis Presley no ano de 1969. Em minha opinião eles demoraram muito para explorar essa maravilhosa temporada - a primeira de Elvis após retornar aos palcos. Foi justamente em 1969 que o Coronel Parker assinou um contrato com o Hotel International (que só depois de algum tempo seria comprado pela cadeia de hotéis Hilton). Elvis em Las Vegas era uma aposta alta naquela época. Na última vez que Elvis havia se apresentado na cidade - ainda nos anos 1950 - as coisas não tinham dado muito certo. A crítica detestou e o público bem mais velho do que Elvis estava acostumado a se apresentar não gostou muito de suas apresentações. Isso tudo porém era passado e Elvis estava decidido a vencer na cidade. Para isso não foram poupados gastos e o cantor subiu ao palco ao lado de uma excelente banda e uma pequena orquestra de metais. O sucesso veio então da forma mais natural possível. Era impossível errar.

Essa primeira temporada de Las Vegas é considerada pelos especialistas em Rock como uma das mais vibrantes da história da cidade. Elvis estava muito empenhado em se apresentar bem, da melhor forma possível. Ele está animado, elétrico mesmo, além de muito feliz em fazer de novo aquilo de que mais gostava: cantar ao vivo. O show que você vai ouvir aqui foi gravado na noite do dia 23 de agosto de 1969 - Midnight Show, ou seja, o concerto que ele dava geralmente às 00:00hs. Na rotina massacrante de Vegas, Elvis subia duas vezes por dia ao palco para se apresentar. No Dinner Show (realizado justamente na hora do jantar dos hóspedes do hotel, quando eles podiam comer muito bem as especiarias do hotel enquanto assistiam Elvis ao vivo) e no Midnight Show quando geralmente eram servidos apenas drinks e bebidas. Aqui Elvis e seu grupo montaram um repertório básico que iria se repetir durante praticamente todos os concertos com a diferença de apenas uma ou duas músicas entre um show e outro. A grande novidade ouvida nesse CD era uma bela versão do sucesso "Runaway" (que depois seria lançada oficialmente no "On Stage - February"). Outras novidades de repertório vinham com a antiga "Reconsider Baby" (do clássico "Elvis is Back") e "In The Guetto" (para promover suas últimas gravações). Enfim, Elvis em grande estilo, acima de quaisquer críticas.

FTD Elvis At International
Blue Suede Shoes
I Got A Woman
All Shook Up
Love Me Tender
Jailhouse Rock/Don't Be Cruel
Heartbreak Hotel
Hound Dog
Memories
Mystery Train/Tiger Man
Monologue
Baby What You Want Me To Do
Runaway
Reconsider Baby
Are You Lonesome Tonight?
Yesterday/Hey Jude
Introductions
In The Ghetto
Suspicious Minds
What'd I Say
Can't Help Falling In Love

Pablo Aluísio.

3 comentários:

  1. Avaliação:
    Produção: ★★★
    Arranjos: ★★★
    Letras: ★★★
    Direção de Arte: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 8.0

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Pablo, você disse "com esses músicos era impossível errar" o que está certo, afinal era o Elvis, muito bem acompanhado por ótimos músicos; mas você viu o que aconteceu com a Adele no Grammy?
    Ela desafinou de um forma absurda em vários pontos da música. Isso para um cantor profissional, ainda mais do calibre dela, no Grammy é de doer. Eu me lembrei disso lendo seu post porque no show Elvis á Assim o Elvis fala pro seu pessoal antes do show "eu fico sempre nervoso antes de começar, nunca me acostumei com isso", ou seja, um cantor com o talento e a tarimba dele sentia o peso de se apresentar o vivo.
    A Adele deu a mesma explicação para o seu desastre no Grammy, disse que sempre fica nervosa em apresentações ao vivo e ainda por cima houve um problema com um microfone do piano que caiu nas cordas emitindo notas aleatórias parecidas com o som de guitarra e a desconcentrou ela perdeu o tom e deu no que deu. Ou seja, em show ao vivo nada é cem por cento seguro e uma tragédia profissional pode acontecer.
    Eu canto todas as semanas, para muitas pessoas sempre, e sei que por mais profissional que se seja um dia pode dar tudo errado e acontecer o que aconteceu com ela.
    Não estou me comparando com estes astros, mas mesmo no meu pequeno mundo eu já fui cantar o Salmo na frente de 600 pessoas em uma missa e esqueci a melodia e eu era o próximo, acredite, não é fácil se controlar. No dia o tecladista deu uma nota eu peguei o tom me lembrei da melodia e deu tudo certo, mas eu vi a viola em cacos.

    ResponderExcluir
  3. Elvis funciona melhor com desafios. Voltar a tocar ao vivo era um desafio em 1969. Ganhar boas críticas e aclamação do público era um desafio. Depois não foi mais e isso o levou a novamente afundar nos anos seguintes.

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis Presley - Snowbird

Elvis Presley - Snowbird (G. Mac Lellan) - O álbum "Elvis Country" começa com uma música que curiosamente não foi gravada nas s...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates