Home » » Elvis Presley 1969 - Discografia Básica

Elvis Presley 1969 - Discografia Básica

Bom, além dos discos oficiais lançados por Elvis Presley em vida durante o ano de 1969 um bom caminho para o fã do cantor trilhar como objetivo de conhecer esse ano em específico em sua carreira é procurar adquirir vários CDs modernos, lançados nos últimos anos. Como se sabe Elvis produziu muito em vida, não apenas em relação às sessões de gravações em estúdio como também nos palcos pois foi justamente em 69 que ele retornou aos shows ao vivo. Então aqui vai algumas dicas.

"Memphis Sessions" foi o primeiro CD do selo FTD a explorar esse ano de forma não oficial. O lançamento é recheado de takes alternativos das sessões de Elvis no American Studios, sendo que muitos deles já tinham sido lançados antes em bootlegs como "American Crown Jewels" e "Finding The Way Home". Mesmo assim, muito em razão do capricho e da direção de arte, além das próprias gravações que foram usadas no CD (com sensível melhoria técnica) é um daqueles CDs que você deve ter em sua coleção. Já Elvis At International foca sua atenção no Elvis de palco. O CD traz o show na íntegra que Elvis realizou no dia 23 de agosto de 1969 em Las Vegas. Nessa temporada simplesmente não existem concertos ruins ou fracos. Elvis estava extremamente empenhado em dar o melhor de si para um público que não o via se apresentar ao vivo desde 1961.

Depois desses dois lançamentos o produtor Ernst Jorgensen passou muito tempo para voltar a explorar o ano de 1969. Ele só voltaria a essa época com "Made in Memphis", onde reuniu várias faixas gravadas por Elvis em estúdio em Memphis. Meio desorganizado do ponto de vista histórico ainda é uma bela pedida para conhecer o lado mais artístico de Elvis pois ele parecia ficar inspirado quando trabalhava em sua cidade do coração. Talvez o melhor CD do selo FTD em relação a 1969 seja mesmo "Elvis in Person", CD duplo com farto material desse ano. Claro que a espinha dorsal foi montada em torno do próprio álbum original. Somando-se às gravações Live que conhecemos o produtor ainda resolveu acrescentar algumas faixas do American no CD 1 e no CD2 trouxe um concerto do dia 22 de agosto (dinner show). Um excelente retrato do que Elvis vinha apresentando para seu público de Vegas naquele período.

Depois desse lançamento que se propunha a ser definitivo o selo FTD entrou novamente em um hiato no que se refere a 69 só voltando a lançar coisa nova no CD Live in Vegas. Temos aqui o Dinner show do dia 26 de agosto. Perceba que você vai aos poucos se inteirando completamente dessa temporada apenas ao adquirir do títulos da FTD. Esse concerto em especial não está entre os meus preferidos. Penso que a gravação não ficou tecnicamente perfeita. Mesmo assim é certamente mais um item a se ter na coleção. Depois dele outra excelente pedida é o FTD Back in Memphis, que traz a edição de um dos meus álbuns preferidos de Elvis. No cardápio algumas das mais intimistas e elegantes faixas gravadas por Elvis Presley no American Studios. Coisa fina. É um CD duplo com muito material inédito. Para fãs de Elvis é um prato refinado.

O mesmo aconteceu com a edição dupla especial de From Elvis in Memphis. Nessa altura do campeonato você já deve ter percebido que não adianta mais comprar os álbuns originais de Elvis tal como foram lançados. O certo é mesmo ir nas edições especiais do selo FTD que trazem não apenas o conteúdo dos discos oficiais como também um vasto material de preciosidades inéditas. Depois de dois lançamentos explorando faixas de estúdios e álbuns clássicos chegou ao mercado Hot August Night. Aqui temos o concerto até então inédito de 25 de agosto de 1969. Show da meia noite quando o jantar era trocado por consumação apenas de drinks e cocktails. Nesses concertos realizados à meia noite Elvis aparecia mais relaxado, brincalhão e interativo com a plateia, embora também muitas vezes mais cansado do que no primeiro show (lembrando que Elvis se apresentava duas vezes por noite em Las Vegas nessa fase de sua carreira). Esse show aqui porém vale obviamente muito a pena. Seguindo em frente temos outro CD de estúdio logo após. Como o material deixado por Elvis no American Studios de Memphis não parece ter fim temos mais um título de takes alternativos daquelas sessões: From Elvis At American Sound Studio. Apesar das gravações serem impecáveis não gostei muito nem da seleção e nem da direção de arte. Mesmo assim é item de colecionador, como sempre.

Pensou que acabou? Ainda não. The Return To Vegas é outro lançamento FTD a explorar um concerto ao vivo de Elvis em Las Vegas no ano de 1969. Aqui temos um dinner show (show do jantar) com um Elvis ainda elétrico. O destaque vai para um medley dos Beatles onde Elvis canta "Yesterday" e "Hey Jude", duas de suas preferidas no repertório do quarteto inglês. Uma bela versão de "Memories" também engrandece o repertório do CD. Por fim o lançamento mais recente do selo FTD no que diz respeito a 1969 é uma edição especial com a trilha sonora do filme "Live a Little, Love a Little". Considero um CD meio preguiçoso, mas que também traz coisas bem interessantes como muitos takes alternativos de "A Little Less Conversation". No total são apenas cinco canções e seus inúmeros takes e alternate versions. Depois de muita pesquisa Ernst finalmente encontrou as fitas de gravação dessa sessão em Nova Iorque, nos arquivos da RCA Victor. Isso depois de serem dadas como perdidas por anos. Uma belo presente para os fãs de Elvis. Espero que ele também ache as sessões de outros filmes dessa mesma época. Os admiradores da obra musical de Elvis certamente agradecerão.

Pablo Aluísio.

5 comentários:

  1. Elvis Presley - Pablo Aluísio
    Elvis Presley 1969 - Discografia Básica
    Todos os Direitos Reservados.

    ResponderExcluir
  2. Pablo, no tempo em que se baixava música com muito mais facilidade na internet eu comprei um CD com 300 músicas do Elvis. Algumas vinham repetidas em outras regravações, porém, mesmo assim é muita musica. Será tem ainda tem algo que eu não tenha ouvido do Elvis depois de 40 anos de rádio, discos, filmes e mais esse respectivo CD de 300 músicas? Você sabe se o Elvis gravou mais de 300 músicas?

    ResponderExcluir
  3. Oficialmente, segundo uma pesquisa realizada alguns anos atrás, Elvis gravou 699 músicas - fora os shows, takes alternativos e sessões perdidas que um dia serão descobertas. Assim, no seu caso, ainda existe um oceano de canções de Elvis a conhecer.

    ResponderExcluir
  4. É por isso de vez em quando eu acho uma que eu ainda não ouvi. A vida ainda será emocionante. Boa noticia! Grato!

    ResponderExcluir
  5. Pois é. Acontece que Elvis trabalhou muito e esse vasto material só tem sido lançado de alguns anos para cá. Muito material inédito sendo revelado e descoberto. É praticamente uma outra discografia chegando ao mercado.

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes Tomorrow Never Comes (E. Tubb / J. Bond) - Um caso interessante em que o arranjo mais forte por part...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates