Elvis Presley - Blue Suede Shoes

A versão de "Blue Suede Shoes" desse álbum foi a terceira a ser lançada na discografia oficial de Elvis. Recordando: a primeira vez que esse clássico rock surgiu na voz de Elvis foi em seu primeiro LP na RCA Victor, logo após ele assinar com a gravadora, em 1956, o grande ano de sua fase como roqueiro. Ela abria o lado A do disco e havia sido gravada nas primeiras sessões do cantor na nova empresa. Essa gravação é considerada uma das melhores já realizadas pelo então chamado Rei do Rock. Quatro anos depois Elvis gravou "Blue Suede Shoes" novamente, dessa vez para a trilha sonora do filme "Saudades de um Pracinha" (GI Blues, 1960). Eu sempre gostei muito dessa segunda versão principalmente pelo fato de ser extremamente bem gravada, com ótimo arranjo. Não tem o mesmo feeling roqueiro da primeira versão, mas supera essa em termos de performance e execução. Não resta dúvida que foi muito bem trabalhada em estúdio. Por isso a considero um verdadeiro primor de Elvis durante os anos 60. Embora "Blue Suede Shoes" seja uma criação de outro astro da Sun Records, o grande Carl Perkins, ela sempre foi muito associada a Elvis e por essa razão era de se esperar que mais cedo ou mais tarde voltasse à sua discografia oficial.

E foi o que de fato aconteceu. Em 1969 ela ressurgiu aqui, dessa vez gravada nos palcos de Las Vegas. Devo dizer que é uma excelente gravação, com Elvis e sua TCB Band extremamente empenhados em dar o melhor de si. Há uma introdução musical que fazia parte dos primeiros concertos de Elvis em Vegas, pois na época ele ainda não usava a conhecida "Also Sprach Zarathustra", composição clássica de Richard Strauss. Pois bem, essa abertura que ouvimos nesse álbum foi gravada justamente no concerto do dia 25 de agosto, quando a RCA montou seu equipamento de gravação no showroom do International Hotel justamente para aproveitá-la naquele que seria o primeiro disco ao vivo de Elvis em Las Vegas. Infelizmente temos que reconhecer também que logo Elvis perderia o interesse por "Blue Suede Shoes" nos shows que viriam. Seria notório que a execução desse clássico iria se tornar, com o passar dos anos, mais displicente e negligente por parte de Elvis. Não raro ele a cantava em medíocres versões com menos de um minuto de duração! O que teria acontecido? Penso que o repertório de Elvis ficou tão sofisticado e pessoal a partir de determinado momento de sua carreira ao vivo que "Blue Suede Shoes" acabou ficando ofuscada, diria até mesmo obsoleta. Quando Elvis a gravou pela primeira vez ele era apenas um jovem de vinte e poucos anos. O tempo passou e o velho rock foi perdendo o sentido para o cantor. Algo normal de acontecer. Na maioria das vezes só servia mesmo como um lembrete de que aquele cantor que estava no palco na frente de seu público havia sido um dos nomes mais importantes da história do rock e seu surgimento. Nada muito além disso.

Blue Suede Shoes (Carl Perkins) / Álbum: Elvis in Person at the International Hotel, Las Vegas, Nevada / Data de Gravação: 25 de agosto de 1969 / Local de Gravação: Las Vegas, Nevada / Produtor: Felton Jarvis, Glen D. Hardin, Glenn Spreen, Bergen White, Elvis Presley / Músicos: Elvis Presley (vocais, violão), James Burton (guitarra), Jerry Scheff (baixo), John Wilkinson (guitarra), Bob Lanning (bateria), Ronnie Tutt (bateria), Charlie Hodge (violão), Glen Hardin (piano), Larry Muhoberac (Piano, órgão), The Imperials (vocais), The Sweet Inspirations (vocais), Millie Kirkham (vocais), Bobby Morris e Orquestra.

Pablo Aluísio.

15 comentários:

  1. Avaliação:
    Produção: ★★★
    Arranjos: ★★★
    Letras: ★★★
    Direção de Arte: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.8

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Pablo,a coisa mais legal e sintomática na exsucção de Blue Suede Shoes em Saudades de um Pracinha é que o personagem do Elvis no filme está se apresentando em um bar cantando um musiquinha e um soldado põe numa JukBox justamente Blue Suede Shoes e quando é interpelado pelo Tulsa McLean pelo abuso, o soldado responde sem pensar: "prefiro o original" acabando numa briga de socos entre Elvis e o dito soldado. Já era o Elvis (jovem e rocker) sendo substituído pelo Elvis (careta e bom moço) precocemente envelhecido pela indústria do cinema e da música. Como já disseram, "o Elvis morreu no dia em que entrou para o exercito".

    ResponderExcluir
  3. Esse frase foi dita pelo John Lennon. Não concordo inteiramente com ela. Penso que o certo seria dizer "O Elvis (roqueiro) morreu no dia em que entrou para o exército". Aliás não foi apenas o Elvis que deixou aquele estilo de lado, praticamente todos desistiram do chamado "Rock n Roll" na virada dos anos 50 para os 60. Aquele estilo rocker rebelde morreu mesmo com o fim dos anos 50. Depois o rock ficou mais pop, mais consumível, mas dominado. Até os Beatles se enquadram nessa moldura.

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca gostei mais de uma gravação de Blue Suede Shoes do que aquela primeira, a original da Sun Records, que tem aqueles ecos fajutos de gravação atrasada. Apesar de tosco, pra mim essa versão insuperável.

    ResponderExcluir
  5. A primeira gravação de Elvis da música "Blue Suede Shoes" foi realizada em Nova Iorque, em janeiro de 1956. A versão Sun Records dessa canção foi a realizada por Carl Perkins.

    ResponderExcluir
  6. Esse tipo de equívoco é comum. Nas primeiras sessões de Elvis na RCA Victor o produtor Steve Sholes quis recriar o Sun Sound. Por isso a impressão de que foram gravadas na Sun Records.

    ResponderExcluir
  7. Que incrível o poder desta pequena Sun Records.

    ResponderExcluir
  8. Oi Pablo,

    tudo bem?
    Eu concordo com o que vc falou a respeito do Elvis Rockeiro ter "morrido" quando ele entrou para o exercito e também concordo com o que o Serge disse sobre o Elvis jovem e rocker ser substituido pelo bom moço e careta. Eu não sei se isso se deu devido a transição de uma decada para outra ou pelo fato de que o exercito moldou o Elvis.
    Ele não sabia que a popularidade dele aumentou mais ainda com a ida dele para a Alemanha?
    E que quando ele finalmente foi desobrigado do serviço, o publico anseava por apresentações ao vivo com os velhos sucessos??
    É simplesmente ridiculo (para não usar outra palavra!)que depois de todo o alvoroço dos fãs com a chegada do Elvis aos Estados unidos, ele tenha simplesmente se enfiado num estudio para gravar um filme idiota como G I Blues.
    Quanto as gravações de blues suede Shoes fico com a primeira versão claro, nem sabia que ele tinha gavado uma versão no filme e as versões de Las Vegas era meio que uma forma de não esquecer que o Elvis ainda era o rei do rock, eu até gosto,mas meio que perde a essencia.
    Quanto as notas das musicas, Eu quero só ver quando chegar na música Just Pretend que é a minha favorita, se não vai sair uma nota 10. haha!
    Obrigada pelas postagens!

    ResponderExcluir
  9. Kamylla:

    Antes do Pablo, peço licença a ele para dar a você meu pitaco amador. Just Pretend é uma das músicas mais lindas e bem interpretadas do Elvis em toda a sua carreira e com um vantagem, tem um arranjo tão bem feito que não fica datada nunca, parece que foi feita e gravada ontem. Pra mim é nota 10.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Serge!
      Onde que tem botão da curtida porque seu comentario merece uns 10 likes! hahaha.
      Just Pretend é tudo isso! Uma música atemporal, Fantástica!
      Obrigada por seu comentário incrivel.
      Agora o mais incrível é a sintonia que o Elvis tem com essa música e a emoção que ele transmite quando interpreta.
      Eu nunca pensei que uma música fosse me emocionar tanto como just Pretend.
      =)

      Excluir
  10. Just Pretend é uma linda canção em um álbum repleto de músicas maravilhosas, "That´s The Way It Is". Sobre a outra questão: realmente, Elvis se tornou mais popular depois de sua volta aos Estados Unidos. Seu single mais vendido, "It´s Now Or Never" é dessa época, além do que não podemos esquecer que "Blue Hawaii" foi seu álbum mais vendido. Depois que voltou do exército Elvis virou ídolo de todos e não apenas de jovens rebeldes como acontecia nos anos 50. Para agradar também aos mais velhos ele foi deixando o rock de lado, abraçando um estilo mais romântico, pop e de fácil popularização. O Coronel Parker também tirou Elvis dos shows ao vivo pois ela pensava que isso iria atrapalhar a bilheteria de seus filmes. Na época ele chegou a declarar: "Quem quiser ver Elvis cantando que pague um ingresso de cinema". Deu certo durante um tempo, mas depois saturou completamente. O cinema é uma arte muito específica, é necessário dar o melhor de si, algo que não acontecia com os filmes de Elvis que tinha roteiros ruins e só serviam mesmo para Elvis cantar em meio a estorinhas sem maior interesse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza That's the way It is é de longe o melhor album do Elvis. Eu sou suspeita para falar porque esse é meu album favorito e tb é onde estão a maioria das minhas canções favoritas que o Elvis gravou.
      Mudando de assunto...
      Quanto aos filmes, muito se fala que a culpa era do Coronel pelo rumo que a carreira de ator do Elvis caminhou.
      Eu não tiro a culpa do velho nunca, ganancioso como era somente o Elvis para aceitar ser explorado da forma como foi por um empresário como esse. Porém, eu acredito que se o Elvis tivesse se dedicado mais a atuação e quando eu falo isso quero dizer que ele deveria ter feito curso para aprimorar seu talento como ator, ele deveria ter estudado mais artes dramaticas, sabe tipo entrado em um curso ou algo assim. Eu sei que o talento do Elvis era de berço, mas nada como aperfeiçoar esse talento estudando um pouco mais.Acho que o Elvis meio que se sentia, então ele pensava que por ser Elvis Presley já era suficiente e não precisava ele estudar para ser ator.

      Excluir

Postagem em destaque

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes Tomorrow Never Comes (E. Tubb / J. Bond) - Um caso interessante em que o arranjo mais forte por part...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates