Home » » Elvis Presley - Way Down In the Jungle Room

Elvis Presley - Way Down In the Jungle Room

Agosto é mês de relembrar a morte de Elvis Presley. A RCA nunca deixa a data passar em branco. Nesse ano de 2016 a gravadora anunciou esse novo CD duplo intitulado "Way Down In the Jungle Room". Como se sabe as últimas sessões de gravação de Elvis em estúdio aconteceram em Graceland, na Sala das Selvas (Jungle Room). É justamente em cima desse material que o CD é composto. Eu gosto muito dessas gravações. A divulgação de takes e ensaios dessa sessão revelou um Elvis de bom humor, brincando com músicos e produtores, tudo em um bom clima, bem ameno.

Algo bem diferente do que foi divulgado por anos e anos em diversas biografias. Antes da revelação desse material muito se escreveu sobre um Elvis deprimido e armado, completamente raivoso por ter que gravar novas canções em sua mansão, em um "estúdio" improvisado, sem qualquer tipo de profissionalismo. Bobagem. É certo que gravar em Graceland não era a mesma coisa que gravar em um estúdio profissional da RCA em Nashville. Aspectos absurdos e amadores - como, por exemplo, o telefone tocando bem no meio da gravação de uma faixa - era algo meio decepcionante, porém não vamos desmerecer esse rico manancial de grandes canções apenas por detalhes como esse. Assim o que o ouvinte vai ter a chance de ouvir aqui é o outro lado da história, com Elvis bem à vontade (afinal de contas ele estava gravando em sua própria casa), se divertindo e tirando onda com seus músicos. Tudo de muito bom astral e divertido.

Elvis Presley - Way Down In the Jungle Room (2016)
Disc 1 - The Masters: 1. Way Down / 2. She Thinks I Still Care / 3. Bitter They Are, Harder They Fall / 4. Pledging My Love / 5. For The Heart / 6. Love Coming Down / 7. He'll Have To Go / 8. Blue Eyes Crying In The Rain / 9. Hurt / 10. Never Again / 11. Danny Boy / 12. Solitaire / 13. Moody Blue / 14. It's Easy For You / 15. I'll Never Fall In Love Again / 16. The Last Farewell / Disc 2 – The Outtakes1. Bitter They Are, Harder They Fall - take 1 / 2. She Thinks I Still Care – take 10 / 3. The Last Farewell - take 2 / 4. Solitaire - take 7 / 5. I'll Never Fall In Love Again – take 5 / 6. Moody Blue – take 1 / 7. For The Heart – take 1 / 8. Hurt – take 3 / 9. Danny Boy – take 9 / 10. Never Again - take 9 / 11. Love Coming Down – take 3 / 12. Blue Eyes Crying In The Rain – take 4 / 13. She Thinks I Still Care – (alternate version) take 2 / 14. It's Easy For You - take 1 / 15. Way Down – take 2 / 16. Pledging My Love – take 3 / 17. For The Heart – take 4.

Pablo Aluísio.

7 comentários:

  1. Avaliação:
    Produção: ★★★★
    Arranjos: ★★★★
    Letras: ★★★★
    Direção de Arte: ★★★★
    Cotação Geral: ★★★★
    Nota Geral: 8.4

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. A música título do álbum, Way Down, da um grande destaque para a voz em baixo profundo do cantor J. D. Summer que como muitos músicos que acompanharam o Elvis durante toda a sua carreira e eram virtuoses em sua especialidades, o J. D. era recordista como a voz mais baixa do mundo. Até os que acompanhavam o Rei eram Reis.

    ResponderExcluir
  3. Além disso era amigo pessoal dele. Tanto que quando Elvis quis matar Mike Stone foi DJ quem o convenceu a largar essa ideia absurda...

    ResponderExcluir
  4. Pablo, dessa conversa do J. D. com o Elvis sobre o Stone eu não sabia e a importância capital do tal colóquio faca explicito que atentar para o que descrevo abaixo.

    O Mike Stone era sócio de ninguém menos que o Chuck Norris na época em que papou a Priscilla, ou seja, se o Elvis insiste no assassinato é provável que o Chuck Norris tomasse as dores e aí o Elvis além de corno entraria para a lista do Chuck Norris Facts. O J. D. salvou o Elvis da cadeia e de mais uma humilhação por, possivelmente se tornar o único verbete verídico da tal Chuck Norris Facts.

    ResponderExcluir
  5. Eu agora não me lembro se foi o Erick ou eu quem escreveu um texto sobre isso. JD sentou com Elvis, disse que essa coisa de matar Stone era uma afronta direta a Deus e Elvis se sensibilizou completamente sobre isso. Chegou a chorar. Depois tentando se redimir disse a JD que iria trazer Mike Stone para seu círculo mais próximo ao que JD novamente disse que também não o fizesse isso. "Se afaste dele, mas não o torne um de nós" - teria dito o veterano cantor. Esse dia ao lado de JD Elvis demonstrou o quanto estava confuso em relação a tudo o que estava acontecendo... Em questão de minutos ele mudou de opinião, numa hora queria matar Mike, na outra torná-lo sem amigo... Complicado, complicado...

    ResponderExcluir
  6. Sobre Chuck Norris... Bom, ele era o Chuck Norris, não precisa dizer mais nada... rsrsrs

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes

Elvis Presley - Tomorrow Never Comes Tomorrow Never Comes (E. Tubb / J. Bond) - Um caso interessante em que o arranjo mais forte por part...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates