quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Elvis Presley - Elvis Country - Parte 2

Elvis Presley - I Was Born Ten Thousand Years Ago
I Was Born Ten Thousand Years Ago (Arr. Elvis Presley) - Esta música foi "picotada" entre as faixas do LP "Elvis Country". Ficou estranho. No disco "Elvis Now" ela aparece completa da forma como foi gravada em meados de 1970. A ideia de colocar a canção unindo todas as músicas do disco foi do produtor Felton Jarvis. Isso surgiu porque Elvis sugeriu a ele que colocasse como subtítulo do LP a frase: "I'm 10.000 Years Old" ou "Eu tenho 10 mil anos". Sem dúvida isso retrata a face esotérica do Rei do Rock, que na época estava muito interessado em estudar as religiões orientais, tais como Budismo e Hinduísmo, que pregavam a reencarnação da alma até o atingimento do nirvana, fase no qual o espírito não precisaria mais retornar à terra, pois já estava devidamente evoluído. Segundo os cálculos de Elvis, sua primeira reencarnação havia sido há 10.000 anos, o que justificava a frase como subtítulo do disco. Todo esse misticismo acabou chegando ao Brasil e influenciando duas pessoas muito importantes em nossa cultura.

Elvis Presley foi um dos maiores ídolos do baiano Raul Seixas. Isso não é segredo pra ninguém, mas, o que pouca gente sabia é que a música "Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás" - além de um pleonasmo vicioso - é também uma homenagem ao velho Rei do Rock. O som de Raul foi gravado em 1976, seis anos depois de Elvis gravar "I Was Born About Ten Thousand Years Ago". O título é igualzinho e o conteúdo das letras é bem parecido (compare as duas), abordando temas mitológicos, bíblicos e históricos. A versão de Raul é creditada a Raul Seixas e Paulo Coelho e não faz referência nenhuma à música gravada por Elvis, que é de domínio público. Paulo Coelho foi procurado pela redação do programa Fantástico da TV Globo e, por e-mail, admitiu: "Realmente, a letra foi inspirada na música do Elvis. Era uma maneira de Raul prestar sua homenagem ao seu maior ídolo".

I was born about ten thousand years ago (Adaptado por Elvis Presley) - I saw old pharaoh’s daughter bring Moses from the water / I'll lick the guy that says it isn't so / I was born about ten thousand years ago / There ain't nothing in this world that I don't know / I saved king David’s life and he offered me a wife / I said now you're talking business have a chair / Yeah, I was born about ten thousand years ago / Ain't nothing in this world that I don't know / Saw Peter, Paul and Moses playing ring around the roses / I'll lick the guy that says it isn't so / I was born about ten thousand years ago / Ain't nothing in this world that I don't know / I saw old pharaoh's daughter bring Moses from the water / I'll lick the guy that says it isn't so / I was there when old Noah built the ark / And I crawled in the window after dark / I saw Jonah eat the whale and dance with the lion's tale / And I crossed over Canaan on a log / I was born about ten thousand years ago / Ain't nothing in this world that I don't know / I saw old pharaoh's daughter bring Moses from the water / I'll lick the guy that says it isn't so / Yeah, I was born about ten thousand years ago / Ain't nothing in this world that I don't know / Saw Peter, Paul and Moses playing ring around the roses / I'll lick the guy that says it isn't so / I was there when old Noah built the ark / And I crawled in the window after dark / I saw Jonah eat the whale and dance with the lion's tale / And I crossed over Canaan on a log / I was born about ten thousand years ago / There ain't nothing in this world that I don't know / I saved king David’s life and he offered me a wife / I said now you're talking business have a chair / Yeah, I was born about ten thousand years ago / Ain't nothing in this world that I don't know / Saw Peter, Paul and Moses playing ring around the roses / I'll lick the guy that says it isn't so / (BMI) - Data de gravação: 04 de junho de 1970 - Local: RCA Studio B, Nashville.

Pablo Aluísio.

4 comentários:

  1. Acho que já falei isso aqui, mas vale repetir. O Raul era um grande plagiador de rocks americanos, mas quando o interpelavam sobre isso, ele não só confirmava, como justificava dizendo o seguinte: "esses gringos nos roubam de tantas formas que um plagiosinho é somente uma pequena restituição". Eu parafraseei, mas a essência é essa: ladrão que rouba de ladrão... Esse era realmente um maluco beleza.

    ResponderExcluir
  2. "Meti a mão mesmo!"

    Assim resumia Raul sobre esse tipo de situação...

    ResponderExcluir
  3. O maravilhoso nesta música é a interpretação diferenciada que o Elvis emprega utilizado um fraseado falado, bem típico do country tradicional nos moldes Willie Nelson e outros com o mesmo estilo. Muito original.

    ResponderExcluir