sábado, 21 de janeiro de 2017

Elvis Presley - That's the Way It Is - Parte 10

Elvis Presley - You've Lost That Lovin' Feelin'
You've Lost That Lovin' Feelin' (Mann / Well) - Essa criação do casal Barry Mann e Cynthia Weil é sem dúvida uma das músicas mais populares e bem sucedidas comercialmente da história. O curioso é que sua criação demonstrava de certa forma como funcionava a indústria fonográfica da época. O produtor Phil Spector conheceu por acaso a dupla vocal branca The Righteous Brothers durante um festival de música. Spector estava em busca de novos talentos para seu selo musical recém fundado chamado Philles Records. Até aquele momento Spector tinha gravado uma série de bons compactos (singles) de artistas negros em seu selo, porém nenhum deles tinha realmente estourado nas paradas. Assim o produtor foi atrás de artistas brancos e encontrou o que queria ao ver o Righteous Brothers. Assim ele os contratou, depois ligou para a dupla de compositores Mann e Well para que eles escrevessem um novo tema para seus novos contratados. Assim nasceu "You've Lost That Lovin' Feelin'", uma canção feita para fazer sucesso. Lançada inicialmente em outubro de 1965 o plano de Spector deu mais do que certo. A música se tornou um hit absoluto, chegando ao primeiro lugar entre os mais vendidos em todas as paradas musicais, tanto dos Estados Unidos como na Europa. Para muitos críticos o produtor havia chegado na perfeição da técnica que ele próprio havia criado, conhecida como "Wall of Sound".

O interessante é que anos depois o próprio Phil Spector declarou que adoraria ouvir Elvis cantando a música que havia produzido. O problema é que em 1965 Elvis estava preso a contratos com companhias cinematográficas que muito certamente não autorizariam ele a gravar uma canção que não fosse das suas próprias editoras musicais. Assim, ao invés de gravar obras primas como "You've Lost That Lovin' Feelin'" Elvis passou aquele ano gravando trilhas sonoras bem fracas como "Harum Scarum" e "Girl Happy". A oportunidade porém pintou novamente em 1970 quando Elvis foi a Las Vegas para gravar um novo filme. O conteúdo era simples: mostrar Elvis ao vivo nos palcos da cidade. Para isso Elvis precisava de um repertório cheio de grandes canções e assim "You've Lost That Lovin' Feelin'" entrou na trilha do documentário "That´s The Way It Is". Uma ótima decisão. A versão de Elvis, mesmo gravada ao vivo, tem um sentimento e uma alma fora do comum. Elvis sabia que estava sendo imortalizado em película naquele momento e resolveu caprichar. O resultado ficou ótimo, excepcional. A canção retornaria à discografia de Elvis alguns anos depois no álbum "Elvis as Recorded at Madison Square Garden", mas devemos ser sinceros, a primeira versão é bem melhor. No Madison Elvis e banda aceleram muito o ritmo da música, a prejudicando um pouco.

You've Lost That Lovin' Feelin' em outras versões:

FTD One Night in Vegas - O primeiro grande momento do CD vem logo a seguir, a inigualável "You Lost That Lovin' Feeling", uma autêntica pedigree da segunda temporada de 70 com Elvis em Vegas. Assim como aconteceu com "I Just Can't Help Believen" e "The Next Step is Love", essa versão também marca a estreia da música em concertos de Elvis Presley. Só esse fato já justificaria a importância desse CD, pois não é sempre que podemos ouvir, com uma qualidade sonora tão boa, as primeiríssimas versões de canções tão importantes para a carreira de Elvis como aqui, em um só CD! Isso certamente nunca mais iria se repetir depois como já escrevi antes. De qualquer forma, apesar de sua perfeição técnica, a RCA resolver escolher como oficial a que Elvis apresentou dois dias depois, no dia 12 e a lançou no disco oficial da trilha sonora. Essa master pode rivalizar cabeça a cabeça com essa versão de estreia que ouvimos aqui nesse CD. A oficial pode até ser executada com mais leveza, pois Elvis está nitidamente bem mais relaxado nela, mas a primeira versão da canção também tem suas virtudes, entre elas a preocupação de Elvis em ser tecnicamente perfeito do primeiro ao último acorde, objetivo alcançado majestosamente por ele aqui nesse momento ímpar.

FTD The Impossible Dream - A versão completa seguinte é excelente e me faz esquecer um pouco de "Love Me Tender", em versão totalmente fraca e apática. É a vez então de "You´ve Lost That Loving Feeling", um musicão da década de 60 que desde a temporada passada havia entrado com força total nos shows de Elvis. A versão aqui apresentada é parecida com a do Madison Square garden, com as mesmas entonações, só que mais lenta. Porém, dando continuidade a um show medíocre Elvis corta a música em mais de um minuto. Aqui não está presente a parte: “Baby, baby, I´d get down on my knees for you.....” Uma lástima mesmo! (Victor Alves)

You've Lost That Lovin' Feelin' (Mann - Weil) - You never close your eyes / Anymore when I kiss your lips / There's no tenderness / Like before in you fingertips / You're trying hard not to show it, / But baby, baby I know it / You've lost that lovin' feelin', oh that lovin' feelin' / You've lost that lovin' feelin', now it's gone, gone, gone / There's no tenderness in your eyes / When I reach out for you / Girl, you're starting to criticize / Every little thing I do / It makes me just feel like crying / 'Cause baby, something beautiful's dying / You've lost that lovin' feelin', oh that lovin' feelin' / You've lost that lovin' feelin', now it's gone, gone, gone / Baby, baby, I get down on my knees for you / If you would only love me like you used to do / We had a love, love, love, love affair every day / Oh don't, don't, don't, don't take it away / Listen to me, talkin' to you / Bring back that lovin' feelin, oh, that lovin' feelin' / Bring back that lovin' feelin, now it's gone, gone, gone / And I can't go on / (BMI) 4:20 - Data de gravação: 12 de agosto de 1970 - Local: International Hotel Showroom, Las Vegas.

Pablo Aluísio.

3 comentários:

  1. Essa foi uma música que, como você frisa, por ser fabricada para fazer sucesso é muito feliz em encontrar grandes interpretes. Fora os já supracitados, há uma espetacular versão que rivaliza de igual pra igual com qualquer uma do mundo: a do Johnny Rivers. No quesito suingue e extensão vocal é até superior a maior parte dos outros. Você já a ouviu?

    ResponderExcluir
  2. São tantas as versões... Essa que você citou é apenas uma das dezenas que foram gravadas ao longo dos anos. Eu gosto dela também. Curioso é que, pelo menos na minha opinião, a menos interessante foi justamente a original. Não gosto dos vocais dos Righteous Brothers. Nesse ponto a versão de Elvis é muito melhor.

    ResponderExcluir