quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Elvis Presley - Divórcio e Depressão - Parte 2

A nova namorada de Elvis, Linda, conseguiu se adaptar muito bem ao estilo de vida do cantor. Ela entrou na vida de Elvis em um período muito nebuloso de sua vida, logo após o fim de seu casamento com Priscilla, mas conseguiu seu espaço no coração de Elvis sendo leal, divertida e amorosa. A própria Priscilla viu a aproximação de Elvis com Linda como algo positivo pois ela tinha uma personalidade extrovertida, que ajudaria Elvis a sair da depressão. Linda não deixava o cantor afundar completamente na tristeza e na melancolia. Quando percebia que ele ia ficando mal propunha viagens de turismo a ele, procurando tirar Elvis de sua reclusão social.

"Vamos viajar Elvis!" - Estava sempre propondo Linda ao cantor. De vez em quando ele realmente aceitava as sugestões, juntava a turma e ia passear um pouco, afinal a vida não poderia se resumir apenas a trabalho e problemas. Um pouco de diversão vinha muito bem a calhar. Linda também se mostrou muito compreensiva com as escapadas de Elvis durante seu namoro. O cantor já havia dito várias vezes que não conseguia se adequar ao casamento porque não havia sido feito para ele. "Eu não gosto, eu não fui feito para o casamento" - costumava repetir Elvis. Indiretamente ele deixava claro também que nunca fora um homem de uma mulher só. Depois da separação de Priscilla, Elvis começou a ter vários casos amorosos com outras mulheres e Linda topou o desafio de aceitar isso para manter seu relacionamento em pé.

Anos depois Joe Esposito reconheceria esse mérito em Linda ao dizer: "Poucas mulheres aguentariam o que Linda aguentou e ela só ficou firme ao lado de Elvis porque realmente o amava. Havia muitas coisas erradas acontecendo na época e Linda não precisava passar por muitas delas, mas ela resolveu apostar em Elvis e pagou um preço bem alto por isso!". Linda, bem ao contrário de Priscilla, também aceitou naturalmente que Elvis estivesse rodeado o tempo todo pelos membros da Máfia de Memphis. Priscilla sempre achou que ter um monte de homens ao redor não fazia bem a um relacionamento, mas Linda também topou esse jeito de ser do namorado.

Por fim havia ainda o problema das drogas. Elvis estava começando a exagerar no uso de medicamentos, algo que colocava sua vida em risco na época. Linda procurou ajudar da melhor forma possível, muitas vezes sendo não apenas sua namorada, mas também sua enfermeira. Priscilla comentaria anos depois: "Linda era uma presença importante ao lado de Elvis porque conseguia dormir ao seu lado, mas sempre com um olho aberto, pronta para qualquer problema! Ela salvou a vida de Elvis algumas vezes, disso tenho certeza". Manter o olho aberto significava ficar atenta. Um simples problema na respiração de Elvis na cama poderia se tornar algo bem mais sério. De fato Linda salvaria a vida de Elvis depois do Aloha From Hawaii, quando ele teve um desmaio, um surto que quase custou sua vida. Esse porém é um assunto para o nosso próximo texto. Até lá!

Pablo Aluísio.

4 comentários:

  1. Pablo:

    O amor é uma coisa de Deus. O casamento não. Esse é uma coisa dos homens, que pode dar certo ou não. Agora, no caso do Elvis, eu acho meio estranho que um sujeito careta como ele, apaixonado pela mãe com era, leal ao pai com sempre foi, não fosse um devoto do casamento, justamente uma instituição tão cara a igreja que ele tanto frequentou quando criança e foi a base da sua vocação artística.

    Como as pessoas são difíceis. Porque um sujeito sendo o Elvis, cantando como cantava, para um mundo que o idolatrava, precisava de mais alguma coisa para se distrair e ser feliz? Só ser o que ele era já seria motivo para qualquer mortal ser a pessoa mas feliz do mundo.

    ResponderExcluir
  2. Bem observado, logo Elvis que se considerava um conservador sulista ao velho estilo! Ao mesmo tempo que era tão religioso, não conseguia se ver preso dentro de um casamento tradicional. Contradições de um ser humano bem complexo.

    ResponderExcluir
  3. Pablo Aluisio olha parabens sua materia esta fantastica eu adorei eu fiquei sabendo de muita coisa q ate entao eu sabia a vida de elvis era uma turbulencia mais enfim ele era elvis presley gostei muito.

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado Diva smp.
    Continue acompanhando nosso blog, sempre tem textos novos sendo publicados. Abraços, Pablo Aluísio.

    ResponderExcluir