sábado, 18 de fevereiro de 2017

Lisa Marie Presley pode perder a guarda de suas filhas

O inferno astral da vida de Lisa Marie Presley parece não ter mais fim. Agora a filha de Elvis corre o risco de perder a guarda de suas próprias filhas. Envolvida em um processo de reabilitação de vício em drogas e lutando na justiça contra o ex-marido, Lisa agora tem novos problemas. Segundo alguns sites americanos, entre eles o TMZ, autoridades americanas encontraram "fotos perturbadoras" envolvendo suas duas filhas no computador do ex-marido de Lisa, Michael Lockwood.

Segundo informações essas fotos traziam as filhas gêmeas de Lisa Marie em situações incomuns e não adequadas para elas, o que fez com que o Departamento de proteção à crianças e adolescentes de Los Angeles entrasse com uma ação na justiça pedindo a custódia protetora das duas filhas de Lisa Marie. As autoridades querem tirar as duas crianças de 8 anos da guarda de ambos os pais. Não se sabe até o momento o que realmente havia nesses vídeos e fotos, porém tudo leva a crer que foi algo grave tendo em vista as diligências promovidas por esse órgão público do condado de Los Angeles.

Lisa afirmou que não tem ideia do que pode haver nesses vídeos e imagens. Já outras fontes afirmam que foi a própria Lisa Marie quem denunciou as fotos para as autoridades que confirmaram sua existência ao cumprir um mandado de busca e apreensão dos computadores pessoais de Michael Lockwood. A situação de Lisa Marie anda complicada e ela pode perder em definitivo o pátrio poder sobre suas filhas. Pior do que isso, seu advogado alegou recentemente na corte onde está se desenvolvendo o processo de divórcio que Lisa está financeiramente quebrada, sem condições de cumprir as exigências do ex-marido. Pelo visto os problemas legais e familiares de Lisa Marie estão apenas começando.

Pablo Aluísio.

3 comentários:

  1. Vim aqui só para parabenizar os blogs que você tem sobre o Elvis,Cinema e música,simplesmente maravilhosos!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Marcos. Seja bem-vindo.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir