segunda-feira, 19 de junho de 2017

Elvis Presley - Elvis Las Vegas ´74

Outro lançamento do selo FTD (Follow That Dream) que está chegando nas lojas. Esse aqui se chama "Elvis Las Vegas ´74". O título é auto explicativo, trazendo dois concertos realizados por Elvis em sua segunda temporada em Las Vegas durante o ano de 1974, ambos gravados no mesmo dia (24 de agosto), um no Dinner Show (show com jantar, ao estilo tradicional, geralmente realizado às oito da noite) e o Midnight Show (apresentação que era geralmente feita próxima da meia-noite, o segundo show do dia, onde os jantares eram trocados por drinks e petiscos).

A boa notícia é que o ano de 1974 vinha sendo negligenciado pelo selo FTD, talvez por não existir mesmo muitas gravações de Elvis nessa temporada em Las Vegas. A nota ruim, dissonante, é que embora seja o material até considerado raro, a qualidade sonora não é tão boa. Os engenheiros de som de Las Vegas que gravavam essas fitas dos shows do cantor não tinham consciência que seria algo tão valioso no futuro, por essa razão nem sempre a qualidade de som era caprichada. Mesmo assim é um registro importante até porque sem essas fitas não teríamos a chance de ouvir Elvis nessas apresentações.

No repertório eu destacaria algumas músicas interessantes. No Dinner Show temos Elvis cantando "It’s Midnight" do disco "Promised Land". O detalhe curioso é que o álbum ainda não havia sido lançado, o que tornava a música completamente inédita para os ouvidos dos fãs que foram ao show. O mesmo valia para "If You Talk In Your Sleep", que era uma tentativa por parte de Elvis em renovar um pouco a seleção musical das apresentações. No Midnight Show mais surpresas: Elvis trazia o rock de Chuck Berry "Promised Land" que iria dar nome ao seu próximo álbum a chegar nas lojas. O CD também traz bonus songs do dia 28, com as novas interpretações no palco de " Help Me" e "My Boy", todas músicas novas, raramente cantadas por Elvis nos shows até aquele momento. Para os fãs que foram até Las Vegas foi um presente e tanto.

Outro aspecto que chama a atenção é que o ano de 1974 foi particularmente polêmico na carreira de Elvis. Muitos autores salientam o fato de que o Rei do Rock vinha passando por uma fase tumultuada em sua vida pessoal. Ele aumentou o consumo de drogas, o que trouxe problemas no palco. Por essa época Elvis fez shows onde nem tudo saiu conforme o script. Ele chegou a fazer concertos bem ruins, desastrosos, que ficaram notórios por esses acontecimentos. Pela primeira vez o público começou a perceber que havia algo de errado com ele, principalmente por causa desses deslizes. De qualquer forma esse novo item é uma bela dica de aquisição para colecionadores em geral. Ouvir Elvis no ano de 1974 sempre chama a atenção dos fãs e admiradores do Elvis de palco, dos concertos ao vivo. Não deixe de adquirir esse novo CD.

Elvis Presley - Las Vegas ´74 (2017)
Disc 1 - August 20th 1974 – Dinner Show
01) CC Rider / 02) I Got A Woman/Amen / 03) Love Me / 04) If You Love Me (Let Me Know) / 05) It’s Midnight / 06) Big Boss Man / 07) Fever / 08) Trying To Get To You / 09) Love Me Tender / 10) All Shook Up / 11) I’m Leavin’ / 12) Softly As I Leave You / 13) Hound Dog / 14) You Gave Me A Mountain / 15) Polk Salad Annie / 16) Introductions (part missing) / 17) If You Talk In Your Sleep / 18) Why Me Lord / 19) (Let Me Be Your) Teddy Bear/Don’t Be Cruel / 20) Heartbreak Hotel / 21) Bridge Over Troubled Water / 22) Hawaiian Wedding Song / 23) Let Me Be There / 24) Can’t Help Falling In Love / Bonus Song: (Recorded September 2, Midnight Show) 25) It’s Now Or Never (second version)

Disc 2 - August 20th 1974 – Midnight Show
01) CC Rider / 02) I Got A Woman/Amen / 03) Love Me / 04) If You Love Me (Let Me Know) / 05) It’s Midnight / 06) Proud Mary / 07) Trying To Get To You / 08) Big Boss Man / 09) Fever / 10) Promised Land / 11) Love Me Tender / 12) All Shook Up / 13) I’m Leavin’ / 14) Softly As I Leave You / 15) Hound Dog / 16) You Gave Me A Mountain / 17) Polk Salad Annie / 18) Introductions / 19) If You Talk In Your Sleep / 20) Why Me Lord / 21) (Let Me Be Your) Teddy Bear/Don’t Be Cruel (incomplete)  / 22) Hawaiian Wedding Song (incomplete) / 23) Let Me Be There / 24) Can’t Help Falling In Love / Bonus Songs (Recorded August 28, Dinner Show): 25) Help Me 26) My Boy 27) How Great Thou Art.

Pablo Aluísio.

2 comentários:

  1. Eu estava relendo alguns posts do Erick Steve e em um deles ele fala do absurdo de trazerem o Elvis de volta aos shows modorrentos de Las Vegas após o hiperbólico Aloha from Hawaii e, como você também ressalta no seu post, a tentativa do Elvis de modificar o seu repertório neste período e o Erick Steve da ênfase a canção Good Time Charlie's Got The Blues e diz que o Elvis desistiu depois de cantar uma vez essa música em Las Vegas porque o público de Las Vegas era um bando de retardados e nem conseguia apreciar uma música tão intimista, portanto Elvis voltou para o berreiro que encanta idiotas, vide American Idol. (o berreiro e o American Idol são meus, Serge).
    Por conta dessa citação do Erick Steve fui ouvir essa gravação ao vivo de Good Time Charlie's Got The Blues de "74 e não é que logo na primeira frase o Elvis já começa dando uma desafinada e, pra falar a verdade, todo o resto da música é bem meia boca, quase amador com a banda desencontrada, coisa bem fraca, não chegando nem próximo da maravilha que é o registro de estúdio do Elvis dessa linda Good Time Charlie's Got The Blues. Acho que realmente essa não era uma canção para shows do Elvis na década de "70.

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre gostei muito dessa música. Ela não é uma faixa fácil, ideal para os casais de meia idade que iam em Las Vegas, porém foi algo muito louvável por parte de Elvis em trazer ela para os palcos. Provavelmente em um show acústico funcionaria maravilhosamente bem, pena que Elvis nunca chegou a fazer uma apresentação nesse estilo. Os metais, o exagero típico de Vegas não combinava mesmo com Good Time Charlie's Got The Blues. Azar o deles.

    ResponderExcluir