sábado, 24 de junho de 2017

Elvis Presley - Reconsider Baby - Parte 2

"Tomorrow Night" foi gravada por Elvis Presley ainda nos tempos da Sun Records. Até hoje não se sabe com exatidão em que ano ela foi gravada, se 1954 ou 1955. Quando o passe de Elvis foi comprado pela RCA Victor a gravadora levou todos os takes e músicas gravadas por Elvis na Sun Records. Essa foi uma delas. Ficou arquivada anos e anos e depois relançada com novo arranjo no álbum "Elvis For Everyone" de 1965. Ela ganhou uma roupagem musical nova com a assinatura do grande músico e produtor Chet Atkins. Os executivos da RCA achavam que não dava para lança-la tal como gravada na Sun, pois a consideravam muito simples, muito sem sofisticação. Atkins foi então designado para dar uma sonoridade mais moderna e bonita.

A versão que temos nesse álbum é a crua, tal como foi gravada pelos Blue Moon Boys (Elvis, Scotty Moore e Bill Black). Embora a versão embelezada dos anos 60 seja de fato muito bonita, com uma bela guitarra tocada pelo próprio Chet Atkins atravessando toda a faixa, aqui a ouvimos tal como foi registrada por Elvis e banda em seus primórdios. É de fato a versão definitiva de Mr. Presley. Já a música original é bem mais antiga e foi lançada pelo cantor e compositor Lonnie Johnson. Hoje em dia essa composição é considerada uma das mais importantes da história do blues norte-americano. Evocativa e muito bem escrita, realmente é um ponto alto da discografia de Elvis Presley. Um momento que não foi bem aproveitado na época de sua gravação.

A versão de "So Glad You're Mine” que ouvimos nesse álbum é a mesma do disco "Elvis" de 1956, sem maiores novidades. Apenas a RCA Victor trabalhou um pouco mais na master original para recuperá-la adequadamente. Alguns fãs e críticos dizem que ela tem uma leve aceleração em seu ritmo normal. De fato, se ouvirmos o disco de vinil lançado em 56, vamos notar mesmo uma pequena variação em sua duração. Esse porém é um detalhe tão absurdamente minucioso que para o ouvinte comum não fará muita diferença. No mais esse blues é outro grande clássico, criado e composto por Arhur "Big Boy" Crudup, um artista de blues pelo qual Elvis tinha especial admiração. Não podemos nos esquecer que a primeira gravação profissional de Elvis se deu com uma outra composição de Big Boy, a hoje clássica "That´s All Right (Mama)".

"One Night" foi lançada como single em 1957. Chamou muito atenção em seu lançamento original pois a música foi considerada quase pornográfica para aquela sociedade muito conservadora e puritana dos anos 50. E isso porque o produtor Steve Sholes optou pelo lançamento de uma versão mais leve, não totalmente provocante que ficou conhecida dentro do estúdio como "One Night Of Sin". Pois foi justamente um dos takes da versão envenenada que foi selecionado para esse disco. Como não existia mais a preocupação em não chocar ou não escandalizar, a RCA resolveu restaurar os takes originais, sendo que esse ótimo momento chegou pela primeira vez no mercado justamente nesse título "Reconsider Baby", quase quarenta anos depois de sua gravação original! Como diz o ditado, antes tarde do que nunca...

Pablo Aluísio.

5 comentários:

  1. Elvis Presley - Pablo Aluísio
    Reconsider Baby - Parte 2
    Todos os direitos reservados.

    ResponderExcluir
  2. Pablo tudo bem deixa eu te pergunar uma curiosidade eu vi uma postagem do aviao de elvis sendo rebocado sabe pq eu tenho visto a maoriadas das coisas de elvis sendo vendidas outra tomando rumoa diferentes sabe pq eu to curiosa e pq LISA e a unica erdeira dele e esta internda quem sera q esta vendendo tudo os aneis tenho visto tbem muitos q n eram tao valiosos pq tenho visto q sao 14ktes vc sabe algo a respeito de tudo isso conta pra agente a quem diz q ele vivi hoje e esta doente vc sabe disso eu n acredito em nada disso e vc. um abraço obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diva, segundo os próprios advogados de Lisa Marie ela estaria falida, o que talvez explique o fato de tantos itens de Elvis estarem sendo levados a leilão ultimamente.

      Excluir
  3. A versão do Elvis de One Night não teria sido lançada no single com I Got Stung em outubro de 1958?
    As duas versões gravadas em 1957 são sensacionais,mas eu acho que a versão com letra modificada e lançada no single ficou com a produção um pouco melhor.

    ResponderExcluir
  4. A versão conhecida como "One Night of Sin" nunca foi lançada na discografia de Elvis até 1985. A versão do single de 58 é a oficial, master, convencional.

    ResponderExcluir