sexta-feira, 23 de junho de 2017

Elvis Presley - You'll Never Walk Alone - Parte 4

A última música a se falar desse disco "You'll Never Walk Alone" de 1971 é o gospel "Who Am I?". Na falta de uma definição melhor poderíamos dizer que essa gravação era mais um daqueles momentos de Elvis em estúdio que ficavam completamente perdidos dentro de sua discografia. Muitas vezes Elvis gravava um grande lote de novas músicas em Nashville ou em Memphis e depois todo o pacote era levado para a central da RCA Victor em Nova Iorque onde eles escolhiam quais seriam lançadas e de que forma (em álbuns, singles, etc).

Nem sempre todas as faixas eram aproveitadas e muitas delas ficavam literalmente pegando poeira nos arquivos da RCA NYC. Um absurdo? Bem isso. Assim quando bolavam um novo título para Elvis a ser lançado no mercado eles simplesmente vasculhavam esses arquivos em busca de algo inédito. A maioria das coletâneas eram selecionadas dessa forma, sem muito critério, com tudo cheirando a uma grande bagunça e desorganização por parte da companhia que tinha os direitos sobre o lançamento de discos de Elvis Presley nos Estados Unidos e em grande parte do mundo.

Essa canção religiosa havia sido escrita por Rusty Goodman, membro de um grupo vocal gospel sulista chamado The Goodman Family Revival ou como era mais conhecido, The Happy Goodman Family. Esse tipo de artista só uma pessoa nascida e criada no sul dos Estados Unidos e mais ainda, que fizesse parte da comunidade evangélica, poderia conhecer. Era um tipo de grupo de nicho mesmo, bem específico. Como Elvis adorava a sonoridade de quartetos gospel, não é de se admirar  que ele conhecesse muito bem a obra desse grupo religioso. Afinal ele era um colecionador desse tipo de disco. A sua versão porém só veio muitos anos depois, sendo gravada em fevereiro de 1969.

Curiosamente, bem no meio da maratona das sessões do American Studios em Memphis, Elvis naquela noite só registrou essa faixa. Para muitos ele estava exausto, já para outros autores o que aconteceu foi que Elvis interrompeu os trabalhos após ser acometido por uma forte gripe que o pegou de jeito. De uma maneira ou outra o fato é que embora tenha dedicado toda uma noite para gravar apenas essa faixa, ela depois foi absurdamente negligenciada pela RCA que praticamente nada fez por ela, nem divulgação, nem nada. Enfim, ossos do ofício.

Pablo Aluísio.

3 comentários:

  1. Elvis Presley - Pablo Aluísio
    You'll Never Walk Alone - Parte 4
    Todos os direitos reservados.

    ResponderExcluir
  2. Esse negocio do Elvis com gripe é um perigo, pois uma vez ele estava com 39 graus de febre em um hotel que ia fazer um show e disseram que ele estava chapado de heroína. Ele ficou tão bravo que fez um desabafo ao vivo no show gritando e chamando quem tinha feito a falsa acusação de son of a bitch e dizendo que se soubesse que era ia lhe quebrar o pescoço. Elvis gripado, era melhor deixa-lo para lá.

    ResponderExcluir
  3. Esse show foi lançado no famoso bootleg "Desert Storm". Curiosamente (ou tragicamente) esse desabafo de Elvis acabou sendo creditado no encarte como Drugs Dialogue! Hoje em dia sabe-se que Elvis estava encobrindo a verdade porque por essa época ele estava abusando demais das drogas. Uma pena.

    ResponderExcluir